Após dez anos, César Tralli se prepara para deixar a apresentação do SP1

Após dez anos, César Tralli deixará o comando do SP1 e irá para a GloboNews (foto: Reprodução/TV Globo)
Após dez anos, César Tralli deixará o comando do SP1 e irá para a GloboNews (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A próxima parte da grande mudança no telejornalismo da Globo envolverá César Tralli. Após as mexidas envolvendo Aline Midlej, Heraldo Pereira e Giuliana Morrone, a emissora também deverá anunciar que o jornalista irá deixar o comando do SP1 após quase dez anos na função. O marido de Ticiane Pinheiro migrará para o time da GloboNews e será efetivado na apresentação do Edição das 18h, que será transferido de vez para os estúdios de São Paulo. Além disso, ele deverá ter o status de reserva imediato de William Bonner nas férias e folgas do âncora do Jornal Nacional.

Bem avaliado pelos executivos, Tralli se tornou um dos principais nomes do canal de notícias. Sob o seu comando, o Edição das 18h atingiu índices de audiência nunca antes vistos pelo noticioso, que passou a ser um dos campeões de faturamento da GloboNews. Ele, Marcelo Cosme e Maria Beltrão formam o atual trio de ferro da GloboNews: os três comandam programas que tem boas audiências, bons faturamentos e boa repercussão nas redes sociais.

A efetivação de Tralli, porém, não representará a demissão de Leilane Neubarth. A veterana continuará na emissora, mas ainda não há uma definição de qual posto ela assumirá no canal. Nos bastidores, há duas correntes: no cenário mais provável, ela será comentarista do novo Jornal das 10, comandado por Aline Midlej. Na outra, a jornalista será a nova apresentadora do Edição das 10h, substituindo justamente a colega deslocada para o horário nobre.

TV Pop apurou que as mudanças já antecipadas são apenas o começo de uma revolução nos telejornais da Globo e da GloboNews. A tendência é de que todos os telejornais, com exceção do Jornal Nacional, sofram modificações nos próximos meses. Além da migração de apresentadores da Globo para GloboNews, e vice-versa, a emissora também deverá transferir alguns de seus âncoras para praças diferentes das que atuam atualmente.

Leia mais