Luciano Hang, o véio da Havan, e sua família são internados após testar positivo para coronavírus

Luciano Hang, o véio da Havan, posa ao lado de Jair Bolsonaro (foto: Reprodução)
Luciano Hang, o véio da Havan, posa ao lado de Jair Bolsonaro (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O empresário Luciano Hang, mais conhecido pela alcunha de véio da Havan, foi internado na noite desta segunda-feira (18) no Hospital Sancta Maggiore Dubai, em São Paulo. O dono da rede varejista testou positivo para o novo coronavírus e está se recuperando da doença.

A reportagem do TV Pop confirmou a internação de Hang com o departamento de comunicação de hospital. O Sancta Maggiore pertence ao grupo Prevent Senior, dono de uma das maiores redes de planos de saúde do país.

A mulher do véio da Havan, Andrea Hang, também foi internada com a Covid-19. Além do casal, a matriarca da família também foi diagnosticada com a doença e está na unidade hospitalar. Regina Modesti Hang, de 82 anos, está na UTI, diferentemente de seu filho e nora, que se recuperam bem.

Luciano Hang tem 58 anos e é um apoiador ferrenho do presidente Jair Bolsonaro. O empresário é conhecido por sua postura governista e tem contrariado com frequência as medidas de isolamento sugeridas pela OMS, promovendo aglomerações nas aberturas de novas lojas da Havan.

Assim como o Presidente da República, Hang defendia o uso de um suposto tratamento preventivo para o coronavírus, através do uso de medicamentos como a cloroquina e a ivermectina, que não tem eficácia comprovada contra a doença.

TV Pop também entrou em contato com a assessoria de imprensa das lojas Havan. A varejista não se manifestou sobre a internação e tampouco forneceu informações sobre o estado de saúde de seu fundador até a publicação deste texto.

 

Leia mais