Luís Fernando Avelar, jornalista do SBT, morre aos 47 anos

Luís Fernando Avelar trabalhava na TV Serra Dourada, afiliada do SBT (foto: Reprodução/TV Serra Dourada)
Luís Fernando Avelar trabalhava na TV Serra Dourada, afiliada do SBT (foto: Reprodução/TV Serra Dourada)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O jornalista Luís Fernando Avelar, de 47 anos, morreu nesta segunda-feira (10) em Goiânia após dois meses internado lutando contra as complicações causadas pela Covid-19. Ele era editor-chefe do Jornal Serra Dourada, da TV Serra Dourada, afiliada do SBT em Goiás.

Luís Fernando se formou em jornalismo em 1995 e era natural de Jandaia, cidade a 120 km da capital goiana. Em 25 anos de profissão, exerceu vários cargos, como repórter, apresentador, produtor e editor. Ele trabalhou na TV Anhanguera, afiliada da Globo, e atualmente era editor-chefe na TV Serra Dourada.

Antes de ser contaminado pelo vírus, o jornalista estava fazendo um tratamento renal. Ele estava internado desde o dia 11 de março no Hospital dos Acidentados, em Goiânia. Ele foi intubado e chegou a fazer tratamento com uma máquina chamada ECMO, que funciona como um pulmão artificial.

Nas redes sociais, a família fez campanha e contou com a ajuda de várias pessoas para conseguir doações de sangue e dinheiro para ajudar a financiar o tratamento do jornalista. O Sindicato dos Trabalhadores em Comunicação do Estado de Goiás lamentou a morte de Luís Fernando Avelar. “Lutou bravamente durante 60 dias e não resistiu, nos deixou hoje pela manhã. Nossos sentimentos aos familiares e amigos”, diz a nota.

Ronaldo Caiado (DEM-GO), governador de Goiás, também lamentou a morte do jornalista do SBT nas redes sociais: “Lamento profundamente a morte precoce de um jovem talento do jornalismo, que muito amava a atividade profissional e que angariou o respeito da sociedade com sua atuação sempre pautada pelo equilíbrio e pela responsabilidade”.

Leia mais