Roberto Lombardi, irmão do locutor de Silvio Santos, morre aos 62 anos

Roberto Lombardi e o irmão Luiz Lombardi; eles trabalharam no SBT (foto: Reprodução/Terceiro Tempo)
Roberto Lombardi e o irmão Luiz Lombardi; eles trabalharam no SBT (foto: Reprodução/Terceiro Tempo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Roberto Lombardi, irmão mais novo de Luiz Lombardi, icônico locutor dos programas de Silvio Santos, morreu nesta terça-feira (11) aos 62 anos vítima de complicações causadas pela Covid-19. Ele foi operador de vídeo no SBT por 38 anos. Roberto ficou internado lutando contra as complicações causadas pelo vírus por 33 dias. No entanto, acabou morrendo no Hospital São Camilo, em Santana, Zona Norte de São Paulo.

De acordo com informações do site Terceiro Tempo, do UOL, Roberto Lombardi deixou a esposa Eliane, as filhas Roberta e Gabriela, além da neta Nathalia. Os outros irmãos do saudoso locutor do SBT, Carlos e Reinaldo, vivem em Patos de Minas, em Minas Gerais, e em São Paulo, capital, respectivamente.

Ainda segundo a publicação, o corpo de Roberto Lombardi foi levado para o Cemitério de Santana, também conhecido como Chora Menino, na Zona Norte de São Paulo, onde foi velado e enterrado.

Locutor oficial de Silvio Santos, Lombardi morreu em 2 de dezembro de 2009, aos 69 anos, em Santo André, na região do ABC paulista. Amigo de do empresário, foi um dos poucos profissionais que o empresário tinha como conselheiro no SBT e atuou ao lado do dono do Baú por mais de 40 anos.

“Quando eu for Presidente da República faço voltar a estrada de ferro no país inteiro”, dizia Lombardi, brincando. O narrador dos programas de auditório de Silvio Santos tinha o hábito de andar de trem pela região do ABC e Baixada Santista.

Leia mais