Record demite Carla Cecato após irmã de Patricia Poeta gravar piloto do Fala Brasil

Carla Cecato foi demitida da Record; irmã de Patricia Poeta está cotada para substituí-la na edição de sábado do Fala Brasil (foto: Reprodução/Instagram)
Carla Cecato foi demitida da Record; irmã de Patricia Poeta está cotada para substituí-la na edição de sábado do Fala Brasil (foto: Reprodução/Instagram)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nota da Redação: o TV Pop revelou nesta sexta-feira (14) quais foram os motivos para que Carla Cecato fosse demitida da Record. Clique aqui e descubra.

A apresentadora Carla Cecato, que comandava a edição de sábado do Fala Brasil, foi demitida pela Record nesta quinta-feira (13). O desligamento da jornalista, que trabalhou por 16 anos na emissora, foi feito por e-mail. A movimentação no jornalismo da emissora faz parte do início de algumas novidades que serão vistas em seus jornais nos próximos meses, conforme antecipou o TV Pop em primeira mão.

Ela foi contratada pela Record em 2005, onde começou apresentado o telejornal local RJ Record. Na filial carioca, a jornalista foi repórter dos jornais de rede, até ser convidada a se mudar para São Paulo para atuar como repórter especial dos programas Domingo Espetacular, Repórter Record e Câmera Record.

Em 2007, Cecato estreou como apresentadora nos jornalísticos Tudo a Ver e Jornal 24 Horas. Após trabalhar na cobertura das Olimpíadas de Pequim, na China, em 2008, foi convidada para assumir o Fala Brasil no ano seguinte, onde ficou até 2019. Devido a problemas de saúde, pediu para deixar a bancada diária e retornou em 2020 na edição de sábado.

Segundo informações obtidas pelo TV Pop, a jornalista Paloma Poeta, conhecida por ser irmã da apresentadora Patricia Poeta, está sendo preparada pela emissora de Edir Macedo para integrar as escalas de plantão dos noticiosos feitos em São Paulo. A jornalista está em ascensão na empresa desde que foi transferida para a reportagem do Rio de Janeiro, no mês passado, e deverá ser colocada na ancoragem das edições de sábado do Fala Brasil, substituindo Carla Cecato. Ela fez os primeiros testes no estúdio do matinal nesta quarta-feira (12).

Antes de ser transferida para a filial carioca, Paloma era repórter da rede no Rio Grande do Sul. Ela foi contratada há seis anos, e chegou a atuar como âncora na sucursal em algumas ocasiões: além de ser uma das plantonistas do Rio Grande Record, principal programa regional do canal, ela também comandava um quadro esportivo no Rio Grande no Ar, matinal exibido no horário ocupado pelo Balanço Geral Manhã em São Paulo.

A chegada de Paloma ao Fala Brasil também deverá trazer um confronto curioso para as manhãs da TV brasileira. Ela irá disputar público com a sua irmã, Patrícia, que faz parte do time de apresentadores do É de Casa, revista eletrônica transmitida pela Globo no mesmo horário do telejornal, que tem quase 5h de duração aos sábados.

Leia mais