Ximbinha registra boletim de ocorrência contra apresentador do Balanço Geral

Veículos de comunicação divulgaram notícia falsa sobre o músico Ximbinha (foto: Reprodução/Instagram)
Veículos de comunicação divulgaram notícia falsa sobre o músico Ximbinha (foto: Reprodução/Instagram)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Ximbinha, ex-integrante da Banda Calypso, registrou boletim de ocorrência contra o apresentador Marcus Pimenta, da Record Belém, depois que o programa Balanço Geral Pará divulgou que ele havia sido preso por tráfico de drogas nesta terça-feira (1º). Nas redes sociais, o músico postou um desabafo indignado com as informações veiculadas pela emissora da Record em Belém e pelo portal UOL. “Minha total e profunda indignação a todas as matérias completamente inverídicas e sem credibilidade dos veículos de comunicação a nível local e nacional a meu respeito”, iniciou o comunicado do artista.

“Em especial ao UOL, Record e Record Belém, que sequer preocuparam-se em averiguar a notícia, e saíram noticiando com a mais pura maldade. Minha família está em pânico, meus amigos, minha mãe, que está a caminho do hospital, com seus 76 anos de idade. Como podem usar a imagem e o nome de uma pessoa com tamanha mentira, unicamente para conseguir mídia e ibope, uma total falta de responsabilidade, e que com toda certeza já estou tomando todas a medidas judiciais contra todos os veículos que noticiaram esta grande fake news. Todos serão responsabilizados judicialmente!”, finalizou o texto publicado por Ximbinha.

Segundo informações do jornal Extra, o músico procurou a polícia nesta quarta-feira (2) para registrar um boletim de ocorrência contra o apresentador do Balanço Geral do Pará. Aos policiais, Ximbinha alegou que foi vítima de “calúnia e difamação” por parte do comunicador. “Aduz o relator [Ximbinha] que o apresentador afirmou que ‘Ximbinha’ [como é conhecido o relator no meio artístico e musical] havia sido preso na sua casa, com armas e drogas e estava na delegacia, tendo permanecido essa notícia desde o início do programa, por volta das 11h50m, até o término, por volta das 15h15m”, consta de um trecho do documento.

“Ressalta que Pimenta, mesmo sabendo que o ‘Ximbinha’ relacionado à notícia do crime não era o relator, deu continuidade à notícia com palavras jocosas e humilhantes para o relator, atrelando músicas da banda Calypso, com o fito de vincular o relator, como músico e artista, ao ocorrido e atrelava fotos”, diz ainda o boletim de ocorrências. O guitarrista também afirmou que a partir do momento em que a informação passou na TV, ele foi alvo de “postagens vinculando sua imagem como traficante de drogas”. Além disso, Ximbinha também incluiu a informação de que os pais passaram mal ao se verem a informação na televisão. “Também, em decorrência da notícia, teve um contrato cancelado. Ressalta que o pai ficou nervoso com os acontecimentos e sofreu um acidente em decorrência do desmaio e bateu sua perna. A mãe foi para o hospital, pois sua pressão se alterou”. De acordo com o G1 Pará, a Polícia Civil disse que não prendeu alguém com nome ou conhecido pelo apelido Ximbinha.

Leia mais