Record define a novela que vai substituir Gênesis na programação

A Record escolheu o projeto Reis para substituir Gênesis (foto: Divulgação/Record)
A Record escolheu o projeto Reis para substituir Gênesis (foto: Divulgação/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Record decidiu qual a próxima novela que vai substituir Gênesis no horário nobre da programação. De acordo com informações publicadas pelo colunista Flávio Ricco, do R7, a teledramaturgia da emissora escolheu o projeto Reis, de Raphaela Castro, responsável pela última parte de Gênesis, para ser a próxima produção bíblica do canal.

Segundo Flávio Ricco, a nova novela terá como base diversos livros da Bíblia, como Reis, Crônicas, Provérbios, Cantares de Salomão, Eclesiastes, Salmos, entre outros, e terá várias temporadas. O novo folhetim da Record terá poucos núcleos e poucas tramas paralelas, se aproximando do formato de série. Cristianne Fridman, autora de Amor Sem Igual e Topíssima, fará parte da equipe.

Com gravações previstas para começar em setembro, Reis irá abordar no início a transição da forma de governo de Israel, antes comandado por juízes e depois pela monarquia. Ainda segundo Ricco, a histíria vai mostrar os dois últimos juízes, Eli e Samuel, seguirá com os primeiros reis, Saul e Davi, e depois virá a história de Salomão e de todos os outros. Neste momento o reino se dividirá em dois: Israel (capital Samaria) e Judá (capital Jerusalém).

Além da riqueza das tramas palacianas, opressão ao povo, alianças, invasões, idas para cativeiros e destruições, a novela mostrará também grandes milagres, socorro divino, intervenção de Deus em todas as vezes que o povo ou o rei se lembrava e se voltava para Ele. O projeto tem como proposta abordar várias culturas, uma vez que a produção bíblica não deixará de mostrar os reinos e grandes impérios da época. A data de lançamento ainda não foi definida.

Leia mais