Cidade Alerta cresce na audiência e fecha maio com recordes na Record

Luiz Bacci comanda o Cidade Alerta na Record; jornalístico fechou maio com recordes de audiência (foto: Record/Edu Moraes)
Luiz Bacci comanda o Cidade Alerta na Record; jornalístico fechou maio com recordes de audiência (foto: Record/Edu Moraes)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Apresentado por Luiz Bacci, o Cidade Alerta fechou o mês de maio com recordes e crescimento de audiência em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Painel Nacional de Televisão (PNT). Durante o mês, o programa realizou coberturas especiais e entrevistas exclusivas de casos de grande repercussão, como as mortes de MC Kevin e do menino Gael Nunes, além de ter acompanhado a disputa pela herança de Agnaldo Timóteo, dentre outros temas.

Durante o período, o programa teve vários destaques na audiência. Em 12 de maio, bateu recorde ao conquistar a melhor audiência em uma quarta-feira no ano, com 9 pontos de média. No dia 17, alcançou a melhor média em 15 meses e o maior share do ano, com entrevistas exclusivas com o pai e a irmã de Kevin.

Em São Paulo, o jornalístico registrou 7,9 pontos de média e share de 13% – a maior audiência desde junho de 2020, quando ficou com 8,3 pontos de média. O SBT obteve 6,4 pontos de média e share de 11%. Houve ainda uma ligeira alta de 2% também no comparativo com o resultado do mês anterior, cuja média atingiu 7,7 pontos,

No PNT, o Cidade Alerta conquistou a vice-liderança ao marcar 5,1 pontos de média e share de 10%. Esta foi a maior audiência desde outubro de 2020, quando ficou com 5,6 pontos de média. O crescimento em relação ao resultado de abril, com 4,8 pontos, foi de 7%.

No Rio de Janeiro, o programa fechou o mês com 5,2 pontos de média, recorde desde março 2020, quando atingiu esse mesmo número. A média de maio também conquistou um aumento de 15% com relação ao mês anterior, quando ficou com 4,5 pontos de média. O share do Cidade Alerta atingiu 10%.

Leia mais