Carol Celico diz que Kaká nunca pagou pensão para seus filhos

Carol Celico teve dois filhos com o ex-jogador Kaká (foto: Divulgação)
Carol Celico teve dois filhos com o ex-jogador Kaká (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Carol Celico pediu para o seguidores enviarem perguntas que ela responderia em suas redes sociais nesta segunda-feira (14). A modelo falou sobre o fim de seu casamento com o ex-jogador de futebol Kaká, com quem tem dois filhos, Luca, de 13 anos, e Isabella, de 10. “[Me separei] porque não me sentia feliz e nem realizada. Precisei tomar uma decisão difícil depois de muitos anos tentando me sentir melhor”, começou.

“E, no final, a própria decisão me fez viver experiências que me fizeram crescer, amadurecer, me amar mais para, aí sim, poder me senti livre para amar e ser amada. Não foi fácil, mas deu tudo certo, graças a Deus”, declarou.

Uma internauta questionou Carol Celico se ela vivia da pensão do jogador de futebol e ela declarou nunca ter recebido pensão de Kaká. “Nunca recebi pensão. Fizemos um acordo amigável, sem briga. Evitamos conflitos contratando um mediador e sempre pensamos na saúde das crianças, na estabilidade e paz que queríamos passar por isso. Isso ajudou nosso relacionamento como pais e evitou discussões. Também me fez sentir mais autônoma e segura para ser mãe solteira e não buscar dependência em ninguém”, revelou.

A influenciadora lembrou que seus pais tentaram convence-la a não se casar aos 18 anos e que se fosse mais velha talvez a chance de se divorciar seria menor e declarou que não daria uma nova chance ao ex. A empresária está noiva do empresário Eduardo Scarpa; enquanto Kaká se casou com Carol Dias, com quem tem uma filha, Esther, de oito meses.

“Acredito que não. O que não deu certo em um momento, depois de muitas tentativas, é muito difícil de dar certo depois. Acho que o desespero de não encontrar alguém, não estar bem consigo mesmo, e achar que a única opção é voltar com o ex é normal. Já experimentei o sentimento, sim. Vejo muitas mulheres vivendo essa situação, ainda mais quando as crianças pedem ou quando o ex insiste”, disse.

Leia mais