Banco demite funcionária que participou do concurso Miss Bumbum

Suzana Simonet foi demitida pelo Itaú após participar do Miss Bumbum (foto: Divulgação)
Suzana Simonet foi demitida pelo Itaú após participar do Miss Bumbum (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Suzana Simonet, terceira colocada no Miss Bumbum Brasil 2021, revelou que foi demitida pelo banco Itaú após ser anunciada no concurso na semana passada. A participante diz que perdeu o emprego sem nenhuma explicação. “Antes de entrar no concurso, perguntei ao meu chefe se teria problema participar e ele disse que por ele não. Mas três dias após retornar ao trabalho e ser anunciada no Miss Bumbum Brasil fui demitida. Não houve justificativa plausível para o meu desligamento, pois sempre atingi metas”, explicou Suzana.

Após ter seu desabafo publicado na imprensa, internautas têm cobrado a instituição bancária para um posicionamento. Um seguidor da página do concurso no Instagram comentou em um post que vai deixar de ser cliente do banco em apoio à participante do Miss Bumbum. “Tenho aplicações lá, bem como alguns amigos, vou tirar tudo e colocar em outro banco”, protestou. “Que coisa feia hein @itau sempre pagando de inclusivo”, comentou outro cliente no Twitter.

Suzana Simonet trabalhava como executiva comercial e ganhava cerca de R$ 3.200,00 por mês. A beldade revelou que sua demissão aconteceu pouco depois de suas férias. Ela ainda conta que até seus colegas ficaram sem entender o motivo de sua demissão. “Fui demitida em meio a uma pandemia, com filhos e um apartamento que havia acabado de comprar, e sei que foi por puro machismo pois não teria motivo para isso além da minha participação no concurso”, acrescentou. “Eu conheço a história dela, sei que ela foi demitida do banco onde trabalhava após ser anunciada no Miss Bumbum. Espero que você faça muito sucesso com o concurso a partir de agora”, disse Andressa Urach, no palco do evento.

Leia mais