Repórter da Globo chora ao ser imunizada: “Estou muito feliz e triste”

Repórter da Globo em São Paulo, Mariana Aldano se emocionou ao ser imunizada (foto: Reprodução)
Repórter da Globo em São Paulo, Mariana Aldano se emocionou ao ser imunizada (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Mariana Aldano tomou o imunizante e não conteve a emoção. Em suas redes sociais, a repórter da TV Globo chorou ao lembrar os mais de 500 mil mortos e responsabilizou o presidente Jair Bolsonaro. “Tristeza por quem não teve a chance de tomar, raiva de quem negligenciou e debochou da crise sanitária (tem nome e sobrenome), esperança de que, juntos, vamos sair dessa”, justificou a jornalista.

Ela também aproveitou para lamentar as perdas familiares para a doença. “Minha mais profunda solidariedade a quem perdeu um ente querido nessa pandemia. A hora que eu não consegui segurar o choro, foi pensando em você. O pai e a mãe de muita gente não está [vivo]. O filho de muita gente não está. Não tem como eu não pensar em todas essas pessoas, todas as histórias que a gente contou nesse ano e meio. Tem um rastro de morte. A sensação é de que tem um rastro de morte atrás da gente”, disse.

Ao perceber a repercussão, Mariana Aldano se desculpou por ter se emocionado e afirmou que não esperava que batesse a emoção. “Gente, estou passando vergonha. Eu me emocionei muito tomando a vacina. Estou muito feliz por ter tomado, mas ao mesmo tempo muito triste por todas as pessoas que não tiveram a mesma sorte que eu tive e a minha família teve”, contou. “Respirar fundo… Espero que esse imunizante chegue logo para todo mundo, segunda dose! E que a gente possa continuar e dar sequência. Realmente não imaginava que ia ‘bater’ [a emoção], sabe? Não consigo parar de chorar”, afirmou a jornalista da Globo para os seus mais de 20 mil seguidores.

Leia mais