Panorama da Temporada de Primavera 2021: ODDTAXI

Poster do anime ODDTAXI (foto: Divulgação)
Poster do anime ODDTAXI (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Entre os lançamentos de animes que aconteceram entre abril e junho, na temporada de primavera, ODDTAXI veio com um gosto diferente, com um estilo mais ousado e uma história diferente do habitual. Arrisco dizer que foi um dos melhores do ano até agora e que dificilmente será superado, mesmo com os próximos cinco meses prometendo boas novidades. E é sobre ele que vamos conversar essa semana.

O taxista Odokawa leva uma vida bastante mundana. Ele é um antissocial cabeça-dura de poucas palavras, que não tem família e cujos poucos amigos são Goriki, seu doutor, e Kakibana, um colega da época do colegial. Seus clientes também não são lá muito normais. Kabasawa, o estudante de faculdade que quer ser famoso online. Shirakawa, a enfermeira cheia de segredos. Homosapiens, uma dupla de humoristas numa maré de azar. Dobu, um malandro da vizinhança. Mystery Kiss, um grupo idol recém-formado… E todas essas conversas inócuas acabam tendo ligação com o desaparecimento de uma garota.

A sinopse acima conta um pouco do que esperar ao assistir ODDTAXI; a história original que cerca o anime é um grande quebra-cabeça que tenta desvendar um crime. Enquanto cada episódio parece aumentar cada vez mais o número de peças, ele também vai encaixando cada uma em seu lugar. Cada linha do enredo parece desconexa de início, mas pouco a pouco as histórias se conectam e trazem sentido: um macaco em busca de amor, um grupo de idols com um segredo obscuro, um bando de gangsters atrás de enriquecimento ilícito, um policial corrupto, uma enfermeira tentando quitar dívidas e um taxista solteiro, além de um vilão desconhecido com motivações bem peculiares.

A visão de um taxista em seu dia-a-dia (foto: Reprodução/Crunchyroll)

O afiadíssimo roteiro traz ainda mais. Cada personagem parece ter o controle do seu protagonismo no decorrer da história, envolta por uma trilha sonora marcante e uma narrativa densa; o próprio taxista Odokawa é um personagem naturalmente excêntrico, porém maduro. O problema aqui é que, partindo do pressuposto de que leva um tempo para cada um dos diversos personagens ser desenvolvido na trama, pouco tempo sobra para o progresso da história, que acaba avançando rápido demais em certos momentos.

ODDTAXI tem uma temática mafiosa e gira em torno de um mistério. Num contexto geral, o gênero “mistério” tem sua má fama de ter quase sempre finais previsíveis e desinteressantes, mas aqui é diferente. Nada é jogado ao telespectador sem uma justificativa, não sobram pontas soltas. As tais peças do quebra-cabeça são explicadas quando necessário, mas outras cumprem a intenção de fazer o espectador pensar sem fazê-lo de bobo. Aproveitando-se do agravamento do quadro de saúde do protagonista dada uma condição incomum, o anime impressiona trazendo o que seria praticamente uma versão animada de Taxi Driver, de Martin Scorsese. Assim como este que vos fala, muitos espectadores lembraram do longa de 1976 sobre um taxista solitário e suas adversidades em uma atmosfera sombria, o que mostra que o filme continua atual e causa uma boa impressão inicial para quem quer dar uma chance ao anime.

A qualidade da animação é outro destaque, fruto de uma parceria entre os estúdios P.I.C.S. e OLM Yoshioka. Aqui, os animadores ressaltam a excelência de conseguir manter uma animação 2D com a inserção de elementos 3D que não prejudicam a ótica do telespectador, diferente de Super Cub, onde a qualidade geral acabou um pouco comprometida. Aqui também existe bastante ênfase no diálogo, mas isso não significa que a apresentação visual tenha sido deixada de lado para focar nos textos, exatamente como deve ser.

Odokawa, Dr. Goriki e Shirakawa (foto: Reprodução/Crunchyroll)

O design antropomorfizado dos personagens instiga o espectador a questionar “por que todos são animais?” e, embora isso seja respondido em um determinado momento, pode causar uma estranheza inicial. Um comportamento similar acontece em Beastars, mas a obra focada na sociedade animalesca em geral trata de deixar claro as motivações por trás da existência dos animais em detrimento dos humanos logo de cara. De certa forma, é de se questionar se o mesmo sucesso aconteceria se os personagens fossem trocados pelo “mais-do-mesmo” do mundo humano.

ODDTAXI é impressionante. Trazendo um conjunto de temáticas pouco exploradas nos animes e designs de personagens únicos, Odokawa e companhia prometem muito favoritismo às premiações de 2022, mesmo com mais de cinco meses de lançamentos que ainda estão por vir.

ODDTAXI está disponível na íntegra na Crunchyroll.

Caio Alexandre é entusiasta de cinema, exibição, animes e cultura pop em geral. Escreve desde 2008 sobre os mais variados assuntos, mas sempre assumiu a preferência pelo cinema e sua tecnologia embarcada. Não dispensa um filme com um balde de pipoca e refrigerante com o boss no fim de semana. No TV Pop, fala sobre tudo que é tendência no universo da cultura pop. Converse com ele pelo Twitter, em @CaioAlexandre, ou envie um e-mail para [email protected] Leia aqui o histórico do colunista no site.

Leia mais