Repórter da Record é diagnosticado com tumor cerebral: “Mais uma luta”

Clébio Cavagnolle atua como repórter e apresentador na Record do Distrito Federal (foto: Reprodução/Record News)
Clébio Cavagnolle atua como repórter e apresentador na Record do Distrito Federal (foto: Reprodução/Record News)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Clébio Cavagnolle, repórter e apresentador da Record em Brasília, contou para seus fãs e colegas de trabalho neste sábado (31) que foi diagnosticado com um tumor na região do crânio. De acordo com o jornalista, tudo indica que seja um abcesso benigno, mas que demandará assim mesmo um tratamento médico. “Não foram poucas as batalhas que enfrentei durante a vida inteira. Não foram poucas as guerras! Estou diante de mais uma [luta]. Não sei avaliar se a maior de todas, mas certamente aquela que me coloca à prova como ser humano”, afirmou.

Há sete meses, o repórter contou que teve uma inflamação cerebral como complicação de uma infecção respiratória. Na época, ele afirmou que seus médicos haviam descartado a presença de um tumor, e que o seu diagnóstico era de encefalite. De acordo com o jornalista, ele chegou a ter dificuldades para ler e escrever, mas se recuperou após um período de internação hospitalar — e chegou a retomar suas atividades na Record e na Record News normalmente.

“Tenho certeza que será mais uma etapa vencida. E assim como estou aqui para compartilhar que enfrentarei mais essa com Fé, sei que em breve poderei compartilhar aqui também que esse tumor não existe mais porque meu Pai me curou”, prosseguiu o funcionário da Record.

A seguir, leia a íntegra da carta publicada por Clébio Cavagnolle:

Meus queridos,

Muitos de vocês acompanham minha vida há certo tempo. Sabem tudo o que já enfrentei nos últimos anos. Alguns, sabem o que enfrentei durante a vida inteira. Nunca foi fácil…. nem será, mas nunca reclamei. Não foram poucas as batalhas! Não foram poucas as guerras! Em Jesus Cristo, venci todas.

Hoje, estou diante de mais uma. Não sei avaliar se a maior de todas, mas certamente aquela que me coloca à prova como ser humano. Mas, não abala minha Fé, nem minha convicção de que Deus está conosco em nossas aflições. Nos últimos dias, meus médicos descobriram um tumor no meu crânio. Trata-se de um tumor glômico jugular.

Felizmente, parece benigno. Agora, vamos para a definição sobre a melhor forma de tratá-lo. Tenho certeza que será mais uma etapa vencida. Decidi compartilhar para que a nossa Fé seja mais uma vez renovada. Sim, Deus existe, é bom, fiel e ainda faz milagres. Eu sou a prova viva deles!

Não importa qual seja a sua luta, seu dilema, ouça e leia de quem já enfrentou muita coisa e jamais desistiu de confiar nesse Salvador. Ele está a apenas uma oração de distância de nós. E assim como estou aqui para compartilhar que enfrentarei mais essa com Fé, sei que em breve poderei compartilhar aqui também que esse tumor não existe mais porque meu Pai me curou.

Sejam curados todos os enfermos, de corpo e alma! Em nome de Jesus! Porque só o nome dEle tem esse poder!

Leia mais