Décio Piccinini revela que sofre de distúrbio que causa tremores

Décio Piccinini sofre de distúrbio que causa tremores (foto: Reprodução/Instagram)
Décio Piccinini sofre de distúrbio que causa tremores (foto: Reprodução/Instagram)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Jurado dos programas de auditório de Silvio Santos e ex-apresentador do Fofocalizando, Décio Piccinini foi diagnosticado há quatro anos com um distúrbio neurológico chamado TE (tremor essencial), que causa tremores involuntários em diversas partes do corpo, sendo mais comum nas mãos e nos braços. “Eu tenho problema de ansiedade. Não posso olhar para aquilo que eu estou fazendo. Se eu tiver que olhar para a xícara que estou te entregando, eu vou tremer. É uma espécie de autocobrança”, disse ao portal R7.

O distúrbio, que pode ser confundido com Parkinson, não tem cura e o quadro costuma se agravar com o decorrer dos anos. Segundo o jornalista, amigos notaram os tremores, mas não tiveram coragem de falar sobre o assunto. “Acho que isso está incomodando mais as pessoas do que a mim. Eu não tenho o menor problema em falar sobre o assunto”, conta Décio. Ele reafirma que não tem nenhum constrangimento pela condição.

“No meu caso, não é a mão inteira que treme, são os polegares, direito e esquerdo. Daria para eu fazer um tratamento que me levaria a uma cirurgia ou então, partir para a fisioterapia. Mas eu ainda não me decidi por nenhum dos dois tratamentos”, conta. Na semana passada, Décio Piccinini participou de uma gravação do Programa Silvio Santos no SBT e falou como foi ver o colega de volta aos palcos.

“Aquilo foi incrível. Eu não esperava. Ele me pareceu extremamente saudoso, nunca passou um ano e meio longe de um microfone. Então, ele voltou com a corda toda, alegre, falante… Foi muito legal ver volta dele”, comemora. “A longevidade dele como comunicador… Ninguém fica esse tempo todo como essa corda toda, com a audiência que ele dá, com o público fiel que ele tem”, diz o jornalista. “Ele é sempre uma grande caixa de surpresa. Eu não tenho a menor ideia do que pode acontecer, o que me parece extremamente positivo”, observou.

Leia mais