Crise? Band exibe o mesmo filme duas vezes em um intervalo de apenas 27 dias

Jason Biggs é um dos protagonistas de Mulher Infernal, filme exibido pela Band (foto: Reprodução)
Jason Biggs é um dos protagonistas de Mulher Infernal, filme exibido pela Band (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O êxodo dos filmes para as plataformas de streaming mantidas pelas próprias produtoras tem provocado situações inusitadas na programação das emissoras brasileiras. Com menos filmes em seus catálogos, os canais tem que usar cada vez mais as poucas produções disponíveis em intervalos de tempo menores que os habituais. A Band, que não conta com contrato fixo com nenhum dos grandes estúdios hollywoodianos, é uma das redes que mais tem sofrido com a expiração dos direitos de transmissão de diversos longas. Com mais sessões de filmes em sua programação que produções no acervo, o canal teve que exibir a mesma produção em um intervalo de apenas 27 dias.

A comédia Mulher Infernal, protagonizada por Jason Biggs e Amanda Peet, foi transmitida duas vezes em agosto. O filme foi ao ar pela primeira vez na sessão Domingo no Cinema, transmitida às 20h, no dia 1º de agosto. No sábado, dia 28, o longa-metragem voltou para a programação da rede e ganhou outra exibição no Cinema na Madrugada, na noite de sábado para domingo (29). Somando as duas exibições, a produção de 2001 foi vista por 328 mil pessoas na Grande São Paulo — ela marcou 1,4 ponto no horário nobre dominical e 0,2 na madrugada, sendo responsável pela menor audiência da Band naquele dia, atrás até de programas religiosos e infomerciais.

E não foram as únicas exibições do filme em 2021. A comédia já havia sido transmitida pela emissora na noite do dia 28 de abril, na sessão Cine Clube, exibida no horário nobre de quarta-feira. A audiência também beirou o residual: o filme não foi além de um constrangedor empate com o Superpop, da RedeTV!, em contraste com a atual crise vivida pela Band no primetime — a emissora só consegue abrir distância da rival nas noites de terça, com o MasterChef.

A repetição excessiva de filmes tem virado figurinha recorrente na TV aberta. A Record também tem se especializado em reapresentar as mesmas produções com intervalos pequenos de tempo: o suspense Buscando… já foi exibido três vezes em 2021, nos dias 19 de janeiro, 27 de março e 28 de agosto. A animação Hotel Transilvânia 3 foi transmitida em duas ocasiões, nos dias 31 de janeiro e 27 de junho, assim como Homem-Aranha no Aranhaverso, veiculado pela emissora em 6 de junho e 22 de agosto.

Leia mais