Pocah detona conselho de pastor evangélico: “Ouvi e não recomendo”

Pocah detonou conselho dado por pastor e contou sobre sua experiência da vida (foto: Reprodução)
Pocah detonou conselho dado por pastor e contou sobre sua experiência da vida (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pocah usou as redes sociais e contou que foi aconselhada por um pastor a perdoar um ex, que além de a trair, a violentava. A cantora compartilhou esta experiência ao ver um vídeo em que um líder evangélico falava com a ex-Fazenda Mirela Janis para perdoar. Recentemente, ela terminou o noivado com Yugnir Ângelo por estar cansada de mentiras.

“Já ouvi esse conselho, segui e quase perdi a minha vida. Não recomendo. Quando contei pra um pastor que eu estava sendo traída e sendo violentada, ele também disse para eu perdoar, mas complementou: ‘quando digo perdoar não significa que vocês precisam ficar juntos. Perdoe porque merece paz’”, escreveu.

A artista já se emocionou ao relembrar um relacionamento abusivo que sofreu de um ex-companheiro no passado, quando estava grávida. Pocah esteve presente no Papo de Segunda, do GNT, chorou e agradeceu a oportunidade de contar sua história. “Eu vivi muitos anos com essa pessoa e eu comecei a namorar muito nova. Esse relacionamento, ele é completamente conturbado, era infernal pra mim e pra quem estivesse ao meu redor. Minha família, meus amigos, era terrível e eu via o quanto era tóxico e as pessoas falavam o quanto. Eu tentava de todas as formas me livrar daquilo”, lamentou.

A funkeira relatou o terror psicológico que ela sofria e as agressões. “Havia agressões físicas, verbais e psicológicas, manipulação, meu temor a Deus. Sou uma pessoa que tenho uma ligação com Deus muito grande e essa pessoa usava a minha fé. Eu dizia: O que você fez comigo? Eu quase fiquei cega do olho esquerdo’. Era pesado. Em diversos momentos fui agredida, queria ir embora e ele dizia que estava sendo usado pelo diabo e que aquilo era o testemunho da nossa vida e que a gente iria contar isso como uma vitória”, desabafou.

Leia mais