ELENCO UNGIDO

Record quer formar banco de atores evangélicos para suas novelas

Cena da novela Gênesis; Record quer formar elenco de atores evangélicos para suas produções (foto: Record/Divulgação)
Cena da novela Gênesis; Record quer formar elenco de atores evangélicos para suas produções (foto: Record/Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Record pretende formar atores de teatros amadores da Igreja Universal do Reino de Deus para lançá-los em suas futuras produções da dramaturgia. A ideia é realizar um processo de evangelização do departamento de novelas da emissora, que atualmente é comandado por Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo. Segundo informações publicadas nesta quarta-feira (22) pelo jornalista Daniel César, no site NaTelinha, o desafio foi acolhido pela alta cúpula do canal.

A intenção da Record é criar uma escola de teatro para formação de novos profissionais para o mercado artístico, mas voltada exclusivamente para membros da Igreja Universal. O grupo receberia aulas de interpretação –até mesmo de professores não evangélicos– para se profissionalizar como atores e atrizes. A emissora e a instituição religiosa buscam forma de viabilizar a emissão do DRT, documento emitido pela Delegacia Regional do Trabalho que garante para a profissão de ator todas as garantias legais.

Nos bastidores da Record, o projeto vem sendo tratado como ousado. O plano do grupo é não só normalizar os evangélicos em mais segmentos da sociedade, mas de também evangelizar o país através das produções da emissora. A rede pretende mostrar nas novelas como os cristãos vivem no Brasil através de histórias do cotidiano. A expectativa, segundo o site NaTelinha, é que o curso seja lançado a partir do ano que vem, com o fim da crise sanitária.

Leia mais