DANI MORENO

Atriz de Gênesis e de Cúmplices de Um Resgate revela luta contra doença

Dani Moreno interpretou Aolibama na novela Gênesis (foto: Reprodução/Record)
Dani Moreno interpretou Aolibama na novela Gênesis (foto: Reprodução/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Dani Moreno foi diagnosticada com espondilite anquilosante e falou sobre o assunto nas redes sociais. A Safira de Cúmplices de Um Resgate, do SBT, contou que descobriu a doença no início e tem mais chances de prevenir sequelas graves. “Tantas pessoas levam anos para descobrir, eu descobri em cinco meses [após os primeiros sintomas]. Ainda dá tempo de impedir que muitas sequelas se instalem”, relatou a modelo para a Quem.

“É uma doença autoimune degenerativa grave. Tipo de inflamação que afeta os tecidos conjuntivos, caracterizando-se pela inflamação das articulações da coluna e das grandes articulações, como quadris, ombros e outras regiões. Causa dor intensa em repouso, também conhecida como dor da morte”, contou.

A atriz que também ficou conhecida como a Aolibama, em Gênesis, da Record, afirmou que os primeiros sinais se manifestaram quando ela ainda era criança. “Tenho desprazer em conhecê-la tão intimamente, EA. Você já dava sinais de que estava por aqui desde que eu era muito pequena”, revelou ela.

“Inflamações e infecções diversas e repetidas; dificuldade em me sentir bem com alguns alimentos, especialmente o glúten; cansaço avassalador sem porquê nem pra quê; dores que me travavam o pescoço a ponto de colocar colar cervical aos 7 anos de idade. Como saberíamos? Como imaginaríamos que o marcador HLA B27 passaria de vó para mãe e de mãe para filha? Ao menos, eu ganhei tempo. Recebi o diagnóstico precocemente e tenho a chance de prevenir sequelas graves que me limitariam numa idade mais avançada”, declarou.

Dani Moreno relatou que a dor faz com que ela acorde. “A dor me acorda, ela só passa ao me exercitar. Eu sempre pedi pra ter um motivo para acordar cedo e me exercitar, mas acho que desejei meio errado”, brincou.

Casada com o ator José Trassi, ela concluiu que não quer perder tempo com reclamações cotidianas. “De repente, meus pais se foram. De repente, acordei com uma doença que não tem cura. De repente, a vida passa e a gente aqui, se dando ao luxo de perder tempo reclamando dela. Eu não sei qual a sua realidade, mas eu te peço pra se amar e se cuidar o quanto puder. E amar aos seus também. Todos os dias e sempre”, finalizou a atriz de Gênesis.

Leia mais