EX-APRESENTADORA DO FALA BRASIL

Carla Cecato abre loja de joias e vira empresária após demissão da Record

Imagem da apresentadora Carla Cecato no cenário do Fala Brasil
Após demissão da Record, apresentadora Carla Cecato abriu loja de joias (foto: Record/Antonio Chahestian)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Fora da televisão desde maio, quando foi demitida da Record, Carla Cecato abriu uma loja de joias e agora tem seu próprio negócio. Em entrevista, a ex-apresentadora do Fala Brasil contou que cansou de ficar pedindo emprego. “Cansei de ser empregada e funcionária. Não quero mais pedir emprego, quero gerar oportunidades”, desabafou ao site Notícias da TV. A jornalista decidiu empreender quando ainda era contratada da Record, onde ficou por 16 anos. Ela contou que costumava receber comentários de telespectadores com elogios pelas joias que usava durante a apresentação do Fala Brasil. “Uma semana antes de eu ser demitida da Record, fui procurar um fornecedor para começar a vender as peças que usava na TV”, revelou.

“Elas não eram emprestadas da TV, eram minhas. Muitas pessoas ligavam para a emissora para perguntar de onde era meu brinco, colar ou anel. Resolvi ir até um fornecedor primário para poder revender”, disse a apresentadora. “A princípio seria uma lojinha simples no Instagram para vender as peças que eu usava na TV. Já estava querendo há muito tempo ter uma outra fonte de renda para não depender só da TV, por conta das notícias muito pesadas e insônia. Enfim, queria uma segunda via. Uma semana depois de visitar o fornecedor, a Record me mandou embora”, contou.

Abalada por conta da demissão, Cecato encontrou nas redes sociais o apoio que precisava para continuar e colocar o projeto em prática. “Comecei a ir um pouco mais fundo nessa história e percebi que há muitas outras mulheres, pelas mensagens que recebi no Instagram, que se compadeceram da minha situação e se colocaram no meu lugar, porque estavam passando pela mesma coisa: desempregadas e precisando ajudar em casa”, afirmou. “Meu marido [Fabricio Frade] estava sem trabalhar por conta da doença respiratória. Ele ficou muito grave. Então, resolvi abrir uma loja, a princípio online, para as pessoas poderem comprar. Meu objetivo maior é formar revendedoras”, explicou.

A inauguração do empreendimento de Carla Cecato aconteceu nesta quinta-feira (14). O que inicialmente seria uma lojinha de rede social conta até com show room e site oficial. “Já encontrei um fornecedor e, a partir de janeiro e fevereiro, vou colocar as peças com 50% de desconto para que as mulheres possam revender usando meu nome e a minha marca para ganharem o próprio dinheiro. Espero que Deus me abençoe nessa empreitada”, disse a apresentadora.

Carla Cecato foi demitida da Record por e-mail no dia 13 de maio. A emissora comunicou que não precisava mais dos serviços da jornalista e pediu para que ela fosse até a sede do canal em São Paulo para formalizar a sua saída. A âncora faturava R$ 65 mil mensais e, internamente, comenta-se que ela trabalhava pouco para ganhar muito. Nos últimos tempos, ela dava expediente apenas duas vezes por semana e não raramente apresentava atestados médicos.

Leia mais