COM ROBERT PATTINSON

Batman volta aos cinemas reformulado e com energia caótica

Batman é reformulado em nova versão e tem energia completamente caótica
Batman é reformulado em nova versão e tem energia completamente caótica (foto: Reprodução/Internet)

O novo Batman tem a pré-estreia marcada para esta terça-feira (29) e estreia mundial na quinta (2). O TV Pop teve a chance de assistir antes e pode dizer que com uma história bem reformulada e sombria, Robert Pattinson apaga o passado da saga Crepúsculo (2008) e as críticas por uma atuação ruim. Ao lado do diretor Matt Reeves, a produção traz um mundo bem parecido com o de Coringa (2019) e uma energia extremamente caótica.

O filme traz destruição, ruína e diversas críticas sociais da mesma forma que Todd Phillips fez. É uma demonstração de uma cidade completamente corrompida pela corrupção, ganância e governantes em esquema de tráfico de drogas e desvio de dinheiro. Robert Pattinson encarna bem o perfil de órfão bilionário que decide honrar o nome da família sem saber que, na verdade, o pai pode estar envolvido no que ele mais abomina. Por um instante, é possível achar que a identidade do mascarado será revelada pelo famoso inimigo, Charada.

O longa-metragem conseguiu despistar até os grandes detetives que tentavam descobrir, afinal, quem é o vilão. Foi impossível fazer conexões entre a situação vivida por Bruce Wayne e apontar um culpado. Quase até o fim do longa-metragem a maior charada é justamente a identidade do inimigo. A parceria de Pattinson e Zoë Kravitz também foi uma grande surpresa e um espetáculo à parte, a pitada leve de romance ao redor de tanto fogo e sofrimento trouxe um casal bem particular. Longe de todo o “glamour e beleza” do filme de Ben Affleck e também bem distante do papel feito por Hale Berry como Mulher-Gato, no novo filme a escuridão prevalece.

Leia mais