Para causar na web, Perlla inventa que foi ameaçada por usar roupas curtas

Desesperada por atenção, Perlla usurpou notificação enviada pelo condomínio de mulher anônima (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Desesperada por atenção, Perlla usurpou notificação enviada pelo condomínio de mulher anônima (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Perlla causou na internet! A cantora usou como se fosse seu o print de uma notificação destinada a Najhara Noronha, uma moradora de Brasília que recebeu um comunicado de outras mulheres reclamando das suas roupas usadas na área de convivência do condomínio e teve matéria publicada e viralizada pelo G1 nesta quinta-feira (18). Após a polêmica, a funkeira apagou todos os vídeos.

“Solicitação de vestuário apropriado. O Conselho de Mulheres solicita à moradora que não transite em áreas comuns com vestes que não sejam bermudas ou roupas mais adequadas. Assim como roupas de academia e ‘shortinhos’, fazendo com que casais se sintam constrangidos! Caso precise de auxílio, estamos à disposição. Atenciosamente”, dizia o e-mail enviado para a brasiliense.

Tentando conseguir atenção, Perlla usou as redes sociais para rebater as críticas como se fossem para ela e disse que acreditava que o e-mail deveria ter sido feito após seu último ensaio de lingerie. A cantora afirmou que precisa trabalhar e recomendou que as mulheres segurassem seus maridos.

“Recebi um comunicado do meu condomínio porque fiz minhas fotos de lingerie. Bonitas, fiquem tranquilas, não gosto de homens casados. Segundo, não pego homens do mesmo condomínio porque acho isso um erro. Terceiro, segurem seus maridos porque, na verdade, as coisas só acontecem se seu marido olhar para onde não deve”, disse a funkeira.

Perlla sugeriu que as mulheres casadas arranquem os olhos dos maridos se olharem para a casa de outras mulheres. “A casa é minha, eu tenho que trabalhar, tenho que fazer minhas fotos de lingerie. Se o seu marido está olhando para dentro da minha casa, arranca o olho dele. Caso contrário, eu vou continuar trabalhando porque recebo para trabalhar”, disparou ela.

“Mas fique tranquila, minha amiga, não gosto de homem casado. Aquilo que não gosto que façam na minha casa, eu não gosto de fazer na casa dos outros. Porque já fizeram na minha família, na minha casa e é por isso que hoje estou solteira. Vou repetir: não gosto de homem casado, mas segura o olho do teu marido, bota uma venda”, concluiu.

Leia mais