NEGO DI

Ex-participante detona a Globo e faz revelação sobre bastidores do BBB

Foto do apresentador Tiago Leifert no BBB, da Globo
Tiago Leifert apresentou temporada do BBB em que Nego Di esteve (foto: Reprodução/TV Globo)

Nego Di foi eliminado do BBB 21 com 98,76% de rejeição, e mais de um ano depois, ainda não aceitou sua eliminação do reality. Em entrevista ao podcast Inteligância LTDA, o ex-participante fez acusações contra a Globo, afirmando que o reality da emissora o transformou em vilão, além de se reclamar que a edição não mostrou seus momentos de brincadeiras. “É difícil você estar em um programa sendo um personagem o tempo todo. O comediante não fica o tempo todo fazendo piada”, disparou ele.

“Eu sou um cara quieto, sério, tímido. As pessoas estranham isso. Quando entrei falei: vou vender o meu peixe, mas quero mostrar o meu lado de pessoa. Eu ficava brincando de imitar os caras, o sotaque do Rodolffo, pegava no pé da Lumena toda hora”, relatou. Eliminado no paredão com Sarah Andrade e Fiuk, ele acredita que saiu por conta do personagem criado pela Globo, que teria o transformado em uma figura do mal.

“Depois eu fui entender que eles têm o personagem, o vilão. Imagina se as pessoas começam a gostar do vilão? Às vezes a galera ficava no escritório me assistindo, tinha seis monitores, e eu estava no ponto cego. Aí [quando] eu estava combinando voto, articulando jogo, os caras focavam em mim. Aí eu ia começar a ficar engraçado e a câmera saía. A manipulação e edição dos caras é em tempo real”, insinuou.

Nego Di ainda comentou que durante o confinamento conseguiam perceber a movimentação nos bastidores do programa. “Eles operam câmeras remotas, tem o diretor falando, nas câmeras nos espelhos tem os caras nos trilhos. Eu enxergava às vezes quando ia me vestir, escovar os dentes. Às vezes quando deitávamos perto da parede escutávamos o barulho de porta abrindo e fechando. Barulhos de talheres, os caras comendo dentro das paredes! Loucura!”, afirmou.

Leia mais