FIM DE PARCERIA

Walter Casagrande é demitido da Globo após 25 anos: “Um alívio para os dois”

Imagem com foto do comentarista Walter Casagrande durante participação no Altas Horas
Walter Casagrande durante participação no Altas Horas; comentarista foi demitido da Globo após 25 anos (foto: Globo/Divulgação)

Walter Casagrande deixou a Globo após 25 anos como comentarista das transmissões dos jogos da Seleção Brasileira e de times paulistas. O acordo do ex-jogador com a emissora iria até dezembro, mas a saída foi antecipada. “Vou seguir a minha estrada. Acho que foi um alívio para os dois lados”, disse o ex-atleta em vídeo publicado nas redes sociais. De acordo com informações do site Notícias da TV, a assinatura da rescisão aconteceu nesta quarta-feira (6).

“Depois de 25 anos de Globo, seis Copas do Mundo, cinco finais, incluindo a de 2002, com os dois gols do Ronaldo, três Olimpíadas e diversas finais de campeonatos por aí, meu ciclo acabou. Estou saindo da Globo hoje, não faço mais parte do grupo de Esportes da TV. Vou seguir a minha estrada. Na realidade, acho que foi um alívio para os dois lados”, explicou o agora ex-comentarista em video publicado em seu perfil em uma rede social de fotos. Em comunicado, a emissora confirmou a saída de Casão: “Em comum acordo, a parceria entre Globo e Casagrande chega ao fim, mas suas análises estarão para sempre marcadas no almanaque das transmissões de futebol da televisão brasileira.”

Segundo a publicação, o contrato de Walter Casagrande com a Globo iria até dezembro, mas a saída do profissional foi antecipada em comum acordo. Recentemente, o Globoplay lançou o documentário Casão – Num Jogo Sem Regras, que conta detalhes da vida turbulenta do ex-jogador. “Não teve flores. Aquilo ali é realidade, teve céu, inferno rock in roll, música fúnebre. Sou uma pessoa intensa, vivi intensamente qualquer tipo de situação”, disse Casagrande em participação no Encontro com Fátima Bernardes no mês passado.

Casão começou a carreira como comentarista em 1996, na ESPN, logo após se aposentar dos gramados. No ano seguinte, o ídolo do Corinthians foi contratado pela Globo. Na emissora carioca, o ex-jogador atuou em transmissões da Seleção Brasileira de futebol e nas partidas de times paulistas. Crítico do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), o ex-atleta detonou a atual situação política do Brasil durante participação no Encontro..

“Temos um governo covarde, perverso e muito cruel. As pessoas não estão tendo mais medo de ser cruel. As pessoas não estão tendo mais medo de ser homofóbicas, as pessoas se soltaram e isso machuca a gente. O povo brasileiro não é assim, é um povo alegre. O Brasil é alegre! Assusta esse momento porque não é a nossa cara. Isso assusta. A gente não pode ficar calado. Nós somos figurantes desse filme de terror”, disparou ele em seu desabafo na atração matinal.

Assista ao vídeo publicado por Walter Casagrande em que ele comunica aos seguidores sua saída da Globo em comum acordo:

Leia mais