Rodolffo será investigado pela polícia por racismo no BBB21

Rodolffo será investigado por comentários racistas no BBB21 (foto: Reprodução/Globo)
Rodolffo será investigado por comentários racistas no BBB21 (foto: Reprodução/Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O sertanejo Rodolffo será investigado pela DECRADI (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) da Polícia Civil do Rio de Janeiro pelos comentários de cunho racista contra o colega de confinamento João Luiz no Big Brother Brasil. As informações são do UOL.

No programa desta segunda-feira (5), João Luiz contou para todos os colegas de reality a comparação que Rodolffo fez entre seu cabelo e a peruca da fantasia do castigo do monstro.

Ao UOL, a assessoria de imprensa da instituição policial confirmou que foi um inquérito foi aberto contra o cantor: “Foi instaurado procedimento para apurar o crime de preconceito racial. Imagens estão sendo analisadas e as investigações seguem em andamento”.

Procurado pelo UOL, o MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) informou que “não foi localizado registro de comunicação” quanto aos fatos ocorridos no reality show da Globo. Rodolffo, inclusive, está no paredão desta terça-feira (6). O goiano disputa a permanência no programa com o amigo Caio, que também é de Goiás, e com o pernambucano Gilberto.

Ludmilla manda indireta para Rodolffo

No sábado (3), Ludmilla iniciou o seu show na festa do BBB21 fazendo uma declaração contra o preconceito. A frase serviu como um recado para Camilla e João após a situação envolvendo o cabelo do professor. “A próxima música que vou cantar agora fala sobre uma coisa que o mundo está precisando que é o respeito. Respeita o nosso funk, respeita a nossa cor, respeita o nosso cabelo. Respeita caralho”, disse a cantora.

Ao ouvir a declaração de Ludmilla, Camilla gritou que ela falou sobre o cabelo de João e abraçou o colega. Na tarde do mesmo dia, Rodolffo fez um comentário sobre o cabelo de João comparando o black power do professor com a peruca do traje do monstro que é um homem das cavernas. João pontuou que era diferente e Juliette tentou consertar a situação. “Não é né, mas se tivesse curto e bem feitinho”, afirmou.

Logo depois, o professor chamou Camilla para conversar e chorou ao desabafar que se sentiu desconfortável com o comentário. “Eu fiquei muito desconfortável e na hora eu não consegui falar que eu não achei legal e acho que ele nem percebeu. Porque foi muito chato. Eu fiquei pensando: ‘cara, eu não sou o homem das cavernas só porque meu cabelo é desse jeito’”, lamentou.

“Na hora a gente não tem nem reação”, afirmou a influenciadora. “Na hora eu fiquei muito sem reação. Eu achei que ia ter uma reação diferente, mas só consegui falar que era diferente. Eu nunca tinha passado por situações aqui dentro e não achei que passaria. Cara, eu não sou um homem das cavernas. Associar uma peruca de homem das cavernas ao meu cabelo foi muito chato”, desabafou João. “Seu cabelo é lindo. Você é lindo”, disse a colega de confinamento.

Leia mais