Os desafios do retorno dos estúdios Hanna-Barbera

Nova marca do Hanna-Barbera Studios Europe (foto: Divulgação/WarnerMedia)
Nova marca do Hanna-Barbera Studios Europe (foto: Divulgação/WarnerMedia)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nesta semana, entusiastas do mundo da animação entraram em polvorosa com o anúncio do retorno dos estúdios Hanna-Barbera, dessa vez servindo como o próximo passo do Cartoon Network Studios Europe. O braço britânico do canal famoso por criar desenhos como O Incrível Mundo de Gumball muda por ordem da WarnerMedia, dona de todos os canais da rede desde quando a AT&T precisou se desfazer deles. A gigante das mídias vem reestruturando o line-up de canais desde a aquisição e trabalhando a passos largos em direção ao streaming com o HBO Max, que chega ao Brasil em junho.

A notícia foi recebida com bons olhos, uma vez que tanto o nome Hanna-Barbera quanto o do estúdio são fortes. Os antigos desenhos perduram até os dias de hoje, tendo uma legião de fãs criados com Os Flintstones, Scooby-Doo e Zé Colmeia passando na televisão até os dias atuais, ainda que em um ou outro canal perdido do grupo de mídia; já o enorme sucesso do Cartoon Network Development Studios Europe, aberto em 2007 e com poucas produções, vem sustentando excelência. Mesmo no começo, é difícil encontrar projetos que não tiveram sucesso por lá.

O Incrível Mundo de Gumball, ainda na época do lançamento da série, em 2011 (foto: Reprodução/Cartoon Network)

O estúdio londrino em expansão estará sob o guarda-chuva de Sam Register, que já assinou diversas produções de alto nível pela Warner Bros. Animation e foi presidente do Cartoon Network Studios (dos Estados Unidos). Ele também é conhecido pro estar diretamente envolvido em sucessos como o pseudoanime Hi Hi Puffy AmiYumi, As Meninas Superpoderosas Geração Z (o anime baseado na série original), Ben 10, Jovens Titãs e The Looney Tunes Show (sitcom baseada na lendária franquia de personagens que também fizeram parte da era de ouro da animação americana).

O estúdio hoje está trabalhando na produção de O Incrível Mundo de Gumball – O Filme, longa baseado na animação original, e em Elliot From Earth, novo projeto que estreou no Reino Unido no mês passado. Por enquanto, não há previsão de nenhuma das produções estrearem no Brasil.

Resta saber se o antigo Cartoon Network Studios Europe conseguirá manter o legado que os 43 anos de Hanna-Barbera deixaram em forma de produções que marcaram época. As tentativas já estão criando tendência — Tom e Jerry: O Filme foi o mais recente e ousado projeto de trazer nada mais que o primeiro grande sucesso da dupla de volta, e a crítica realizada aqui no TV Pop no lançamento do filme não deixa dúvidas de que há potencial.

Caio Alexandre é entusiasta de cinema, exibição, animes e cultura pop em geral. Escreve desde 2008 sobre os mais variados assuntos, mas sempre assumiu a preferência pelo cinema e sua tecnologia embarcada. Não dispensa um filme com um balde de pipoca e refrigerante com o boss no fim de semana. No TV Pop, fala sobre tudo que é tendência no universo da cultura pop. Converse com ele pelo Twitter, em @CaioAlexandre, ou envie um e-mail para [email protected] Leia aqui o histórico do colunista no site.

Leia mais