Afiliada do SBT vaza funcionário guardando cenário de jornal

TV Serra Dourada, afiliada do SBT, vaza funcionário desmontando cenário (foto: Reprodução)
TV Serra Dourada, afiliada do SBT, vaza funcionário desmontando cenário (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Uma falha técnica no Jornal Serra Dourada, exibido pela TV Serra Dourada, afiliada do SBT em Goiás, vazou um funcionário da emissora desmontando o cenário após o encerramento da edição deste sábado (10) do telejornal. O descuido da programação do canal aconteceu após a exibição da ficha técnica da equipe que produz o noticiário.

Um funcionário da afiliada da rede de Silvio Santos apareceu em um quadrado no canto inferior direito da imagem após a exibição dos créditos. Aparentemente, ele desmontava o cenário tirando o logo do telejornal que fica no piso do estúdio. A falha durou alguns segundos e depois entrou chamadas até chegar o horário de cortar para a programação nacional do SBT.

Equipe da TV Serra Dourada é agredida durante manifestação

Uma equipe do jornalismo TV Serra Dourada foi agredida ao vivo em março durante uma cobertura de protestos pela liberação do comércio em Goiânia. O repórter Maycon Leão participava do Jornal do Meio Dia falando sobre os manifestantes que interditavam a BR-153 quando um homem partiu pra cima do jornalista e do operador de câmera da TV.

Sem saber que a equipe estava ao vivo, o homem continuou ameaçando e pedindo que os jornalistas saíssem do local. O repórter foi impedido pelo manifestante de continuar passando as informações no telejornal. O agressor vestia uma camisa da seleção brasileira e carregava uma bandeira do Brasil nas mãos. No vídeo, que viralizou nas redes sociais, o jornalista questiona o motivo do homem tentar impedir a transmissão ao vivo.

“Eu entendo a situação do senhor, mas não justifica o senhor vir me agredir. O senhor sai de lá de onde o senhor estava para vir me bater. Não justifica isso que o senhor está fazendo. O senhor agrediu o meu câmera. O senhor arrumou a mão na minha câmera, no meu celular. Eu estava na frente da minha câmera quando o senhor arrumou a mão no meu celular. A gente tá levando informação para a população, o nosso serviço é essencial”, explicou o repórter ao manifestante.

“A rodovia tá fechada. Isso [jornalismo] é um serviço essencial. Por que o senhor está indo pra cima dele? Não justifica. Eu peço ao senhor, dá licença do meu câmera, por favor. Por que o senhor tá vindo pra cima da gente? O senhor tá vindo exaltado pra cima de mim, eu não quero conversar com o senhor. Eu não quero ficar perto do senhor. Por que eu vou sair da rodovia? A gente não vai sair da rodovia. A gente não vai sair daqui”, disse Maycon ao homem que insistia em atrapalhar o trabalho da equipe do SBT.

No estúdio, a apresentadora do Jornal do Meio Dia, Luciana Finholdt, avisou ao repórter que a Polícia Militar havia sido acionada pela TV Serra Dourada. Os manifestantes eram contrários a um decreto municipal que restringiu o funcionamento das atividades não essenciais por 14 dias com o objetivo de conter o avanço da covid-19 em Goiânia. Eles interditaram a rodovia durante seis horas e causaram um congestionamento de 16 km.

Veja o vídeo do momento em que vaza na emissora um funcionário guardando o cenário do Jornal Serra Dourada:

 

Leia mais