Emilio Dantas confessa ter vergonha para gravar cenas de amor intenso

Emílio Dantas é o protagonista da série Todas as Mulheres do Mundo, que chega ao fim na Globo (foto: Globo/Victor Pollak)
Emílio Dantas é o protagonista da série Todas as Mulheres do Mundo, que chega ao fim na Globo (foto: Globo/Victor Pollak)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Globo exibe nesta terça-feira (20) o último episódio da série Todas as Mulheres do Mundo, original do Globoplay, que vai ao ar depois do Big Brother Brasil. Emilio Dantas é o protagonista da história e não esconde a sinceridade ao responder qual foi a maior dificuldade que teve para interpretar o arquiteto Paulo.

“O maior desafio foi prático. Ele se relaciona com uma mulher diferente a cada episódio. Eu não tive tempo para debater com as atrizes que fizeram as participações, apesar de elas terem sido muito solícitas e corajosas. Todas as cenas de amor intenso foram engraçadas e constrangedoras. Era muito engraçado gravar usando só uma meia. E não era no pé”, conta o ator, aos risos, ao jornal Extra. A meia que ele se refere é o protetor genital usado por atores na hora de gravar cenas mais calientes.

A produção é escrita por Jorge Furtado e Janaína Fischer, com direção de Patricia Pedrosa. Foi inspirada na obra de Domingos Oliveira (1936-2019). O título é o mesmo do primeiro filme do cineasta e dramaturgo, lançado em 1966. O protagonista é retratado como um homem que se entrega aos amores de forma avassaladora e veloz. Ele passa a viver várias paixões após trair e romper o namoro com Maria Alice (Sophie Charlotte). O comportamento do personagem dividiu opiniões na internet, e ele foi apontado como machista.

“A série abriu um espaço para essa reflexão. Gosto de poder subverter e trazer mesmo um debate. Existe um machismo estrutural no Paulo, e ele mesmo não se dá conta. Hoje em dia tudo é muito delicado. O caminho é evoluir e não ficar parado. Mas muita gente não vê e já vem falar que odeia”, conclui Emilio, ao Extra. Ele destaca a grande amizade entre o trio Paulo, Cabral (Matheus Nachtergaele) e Laura (Martha Nowill) como um dos pontos altos da trama.

 

Leia mais