Dudu Camargo se envolve em acidente e é pego dirigindo sem carteira

Dudu Camargo foi flagrado pela Polícia Civil dirigindo sem carteira; apresentador do SBT foi autuado por crime contra a "coletividade" (foto: Reprodução/SBT e TV Pop)
Dudu Camargo foi flagrado pela Polícia Civil dirigindo sem carteira; apresentador do SBT foi autuado por crime contra a "coletividade" (foto: Reprodução/SBT e TV Pop)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Dudu Camargo protagonizou um caso de polícia no domingo (18). O âncora do Primeiro Impacto se envolveu em um acidente de trânsito no Morumbi, bairro nobre de São Paulo, e bateu com o seu carro na motocicleta de Brendo Rocha, que prestava serviços para um aplicativo de delivery. A Polícia Civil foi chamada e o apresentador do SBT foi levado por policiais até a 89ª DP, aonde foi descoberto que o jornalista estava dirigindo sem estar habilitado. Ele só foi liberado após a abertura de um Termo Circunstanciado por ter cometido crime contra a “coletividade”.

TV Pop teve acesso ao documento feito pelo delegado de plantão do distrito policial. Nele, Dudu Camargo afirma que o seu grau de instrução é apenas o 2º grau incompleto (ou seja, ele não concluiu o Ensino Médio) e diz ter plena ciência de que foi enquadrado no artigo 309 do Código de Trânsito Brasileiro, que fala justamente sobre crimes de trânsito: “dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida Permissão para Dirigir ou Habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano: penas – detenção, de seis meses a um ano, ou multa”.

De acordo com a Polícia Civil, o acidente envolvendo o apresentador do SBT aconteceu às 10h40 na altura do número 502 da Avenida Morumbi. O local é próximo a uma das unidades das Faculdades Metropolitanas Unidas, a FMU, e não costuma ter grandes movimentos aos finais de semana. O Termo Circunstanciado lavrado contra o jornalista na delegacia foi concluído apenas às 13h03, pouco mais de duas horas depois.

Brendo Rocha, que pilotava a moto atingida por Dudu Camargo, foi incluído como testemunha do fato. Em uma rede social, ele desabafou sobre o episódio e afirma estar sendo ignorado pelo âncora do Primeiro Impacto, que prometeu lhe auxiliar após o acidente. “No último domingo, dia 18, fui trabalhar fazendo entrega para o aplicativo iFood na região do Morumbi. Estava em um cruzamento e fui surpreendido por um carro, não me lembro detalhes, pois a batida foi forte e caí longe da minha moto e fiquei no chão imóvel esperando o resgate”, contou.

“A polícia chegou e me informou que seria necessário fazer a ocorrência, pois a pessoa que dirigia a Mercedes era ninguém menos que Dudu Camargo, apresentador do SBT, que por sinal estava com o documento do carro atrasado e não tinha habilitação. Ele pegou meu número de telefone e disse que me ligaria. Eu estou desde domingo sem poder trabalhar, com a moto quebrada e não tenho dinheiro pra pagar o reparo. Mandei mensagem no celular nele ele visualizou e não respondeu, mandei no Instagram também e não me respondeu”, prosseguiu o autônomo.

“Não tenho como esperar até o processo andar. Preciso da minha motinha para fazer entregas, não tenho outra opção. Dinheiro pra arrumar eu não tenho, ela é importada da China e as peças não são baratas. Quero mostrar a minha indignação pela falta de empatia do mesmo… vou dar continuidade no processo para ver o que o juiz decide. Sou pobre, mas pelo menos concluí os estudos e tenho habilitação da categoria B”, concluiu ele.

A reportagem do TV Pop procurou o SBT. Por meio de seu departamento de Comunicação, a emissora afirmou que não faz comentários sobre a vida pessoal de seus funcionários. Dudu Camargo, por sua vez, não se manifestou sobre o assunto até a publicação deste texto, e tem ignorado questionamentos feitos em redes sociais sobre o assunto.

Leia mais