Equipe da TV Cultura é agredida por apoiadores de Jair Bolsonaro

Equipe da TV Cultura é agredida por apoiadores de Jair Bolsonaro (foto: Reprodução/TV Cultura)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Uma equipe da TV Cultura, do Pará, foi agredida enquanto trabalhava na cobertura da visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a Belém. Ele participou de uma cerimônia de entrega de cestas de alimentos a comunidades tradicionais do estado. O evento do governo foi realizado no 8º Depósito de Suprimentos do Exército Brasileiro, localizado no bairro Pratinha II.

Apoiadores do presidente ameaçaram o repórter Diogo Puget e o cinegrafista Carlos Augusto. Eles foram obrigados pelos agressores a deixar o local onde gravavam imagens na Base Aérea de Belém. Diogo foi empurrado enquanto tentava conversar com um dos apoiadores de Jair Bolsonaro. A polícia militar escoltou a equipe da TV Cultura até o carro da emissora.

Em nota lida pela apresentadora Ana Paula Couto, no Jornal da Cultura deste sábado (24), a TV Cultura de São Paulo se solidarizou com os colegas jornalistas agredidos no exercício da profissão: “A Fundação Padre Anchieta se solidariza com o repórter Diogo Puget e toda a equipe da TV Cultura do Pará pela agressão quando exercia seu trabalho na cobertura da visita do presidente Jair Bolsonaro a Belém. A Rede Cultura tem se pautado pela equidistância no atual cenário de polarização política, como mostrou o próprio presidente Jair Bolsonaro, que na sexta-feira deu longa entrevista a afiliada da TV Cultura em Manaus, a TV A Crítica. Nossa solidariedade se estende a todos os jornalistas agredidos no exercício da profissão”.

Jair Bolsonaro visita TV A Crítica

Além de Belém, no Pará, o presidente Jair Bolsonaro também visitou Manaus nesta sexta-feira (23). De última hora, a RedeTV! decidiu suspender a exibição do TV Fama para apostar na exibição de um bate-papo entre o jornalista Sikêra Jr. e Bolsonaro. O Alerta Especial, programa criado pela TV A Crítica para a exibição da entrevista, não fez feio na disputa pelo público do horário nobre. A atração triplicou a audiência da RedeTV! na Grande São Paulo e conseguiu ficar na quarta colocação na faixa horária. De acordo com os dados prévios, o jornalístico teve quatro vezes mais público do que a Band, que exibia um religioso e um telejornal.

Nota da Redação: Diferente do que diz a nota da TV Cultura, a TV A Crítica não é afiliada da emissora em Manaus. A emissora da Rede Calderaro de Comunicação foi afiliada da Record no estado do Amazonas entre 2007 e 2019 e atualmente é uma emissora independente. Ela mantém uma parceria com a RedeTV! para produção e exibição do programa Alerta Nacional.

 

 

Leia mais