Igreja Universal decide inovar e lança versão evangélica do Cidade Alerta

Renê Simões é o apresentador do Templo Urgente, versão evangélica do Cidade Alerta (foto: Reprodução/IURD)
Renê Simões é o apresentador do Templo Urgente, versão evangélica do Cidade Alerta (foto: Reprodução/IURD)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Sem fazer alarde, a Igreja Universal lançou o seu próprio telejornal policial. Desde março, a congregação de Edir Macedo produz o Templo Urgente, que nada mais é do que uma versão evangélica do Cidade Alerta. O noticioso concorre diretamente com a sua inspiração, e tem sido transmitido de segunda a sexta-feira pelo canal 10.1 de São Paulo, antiga sintonia da Rede Brasil de Televisão. Nos próximos dias, a atração também passará a ser exibida em rede nacional nas manhãs da Loading, canal destinado ao público jovem — a emissora nega e diz que seguirá destinada apenas ao entretenimento.

Sem estrutura para produzir as suas próprias reportagens, o Templo Urgente tem apelado para conteúdos curiosos para preencher a sua extensa duração. Dentre os conteúdos já exibidos pelo programa policial, estão denúncias de aglomerações durante a crise sanitária e a história de um homem que pediu socorro para a mulher e para a amante após sofrer um acidente no meio da rua, além de um debate se cães e gatos brigariam mais do que casais, tudo com base em vídeos que parecem ter sido tirados do grupo da família em um aplicativo de mensagens.

Entre os conteúdos jornalísticos, a versão evangélica do Cidade Alerta exibe testemunhos de fiéis que estão passando pela porta do Templo de Salomão e pede para que o telespectador frequente os cultos promovidos pela Universal. Até aí, nenhuma novidade: o Balanço Geral, da Record, também tem espaço destinado para pregações religiosas da denominação do bispo Edir Macedo — diariamente, cinco minutos do jornal são ocupados pelos pastores da IURD.

Para apresentar o telejornal policial gospel, a Igreja Universal escalou Renê Simões. Ele, que é pastor, até tem se esforçado para fazer bonito na nova função: com berros, muita movimentação pelo estúdio e gestos, o religioso já tem performance melhor que muitos dos apresentadores de telejornais locais da Record. Se ele continuar assim, logo se tornará um forte candidato para substituir Luiz Bacci no comando do Cidade Alerta.

Leia mais