Camila, Burnier e Leilane: GloboNews aposta em trio para turbinar manhãs

Camila Bomfim, José Roberto Burnier e Leilane Neubarth vão dividir novo telejornal da GloboNews (foto: Reprodução)
Camila Bomfim, José Roberto Burnier e Leilane Neubarth vão dividir novo telejornal da GloboNews (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Ainda como parte da reformulação de seu telejornalismo, a Globo anunciará nos próximos dias uma importante modificação na programação matinal da GloboNews. Para ocupar o espaço deixado por Aline Midlej, que migrará para o Jornal das 10, o canal de notícias terá um novo modelo de telejornal: pela primeira vez, um programa da emissora será apresentado de três cidades simultaneamente. Leilane Neubarth será a âncora no Rio de Janeiro, enquanto Camila Bomfim estará nos estúdios de Brasília e José Roberto Burnier em São Paulo.

Leilane e Burnier estão afastados dos estúdios do canal de notícias há 15 meses e tem feito participações pontuais em alguns programas da emissora diretamente de suas casas. Com o avanço da crise sanitária, os executivos decidiram preservar a saúde de profissionais com idades avançadas. A dupla, porém, já recebeu a primeira dose da imunização e estará apta para voltar ao ar no início de junho, já em suas novas funções na programação matinal.

Na Globo há 38 anos, José Roberto Burnier faz parte do time da GloboNews desde 2018 e foi o primeiro âncora do Em Ponto. Ele, no entanto, passou mais tempo ausente do que na bancada do telejornal: antes da crise sanitária, um câncer tirou o jornalista do ar durante seis meses. Em ambas as ocasiões, ele foi substituído pela comentarista Júlia Duailibi, que será efetivada como nova apresentadora do telejornal.

Leilane Neubarth está na emissora há três décadas. Com passagens pelo Fantástico, Bom Dia Brasil e Jornal Hoje, ela está no canal de notícias há 12 anos, sempre como âncora do Edição das 18h — o telejornal, conforme antecipado pela reportagem do TV Pop, seguirá sob o comando de César Tralli e será definitivamente levado para os estúdios de São Paulo. Camila Bomfim, por sua vez, é a mais jovem do trio: repórter experiente do Jornal Nacional, ela ganhou destaque na GloboNews como substituta imediata de Heraldo Pereira na bancada do Jornal das 10.

O trio irá ficar no ar durante quatro horas diárias, entre 9h e 12h45. O nome do telejornal ainda não foi definido, mas a tendência é que a marca Edição das 10h seja aposentada nos dias úteis. O título, que já é conhecido dos assinantes do canal, não será extinto e deverá ficar restrito aos sábados e domingos.

Leia mais