Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
SAMARA FELIPPO

Abandonou a TV? Estrela de Chocolate com Pimenta pede papel na Globo

Cena da novela Chocolate com Pimenta
Samara Felippo falou sobre Chocolate com Pimenta (foto: Reprodução/Globo)

No ar em Chocolate com Pimenta como Celina, Samara Felippo falou sobre a vontade de retornar para a Globo. A atriz declarou que ama fazer novela e afirmou que não tem vergonha em dizer que aceitaria um papel que fosse bom. “Acho engraçado que as pessoas acham que casei e fui embora, não quis mais fazer novela”, contou ela em conversa com o gshow.

“A gente espera oportunidade, né? A nossa vida é essa, a gente não produz no independente, corre atrás, a gente espera um convite. Morro de vontade de voltar pra Globo, acho uma delícia fazer novela, tenho saudade daquela atmosfera de estúdio. Não tenho nenhuma vergonha de falar: ‘nossa, se me chamarem, vou, se papel for interessante. Mas, enquanto isso não acontece, a gente tem diversos outros nichos de trabalho e tem a minha maternidade que é integral solo”, disse a artista.

Após tantas reprises, Samara Felippo destacou como foi trabalhar na novela de Walcyr Carrasco. “Foi um marco muito grande na minha carreira. A Celina é uma mocinha romântica e, para não cair no caricato, fui para um lado muito doce. A novela deixa uma saudade muito grande. Foi um aprendizado não só porque foi dirigida pelo Jorginho Fernando (1955-2019), mas também contracenar com Cláudio Corrêa e Castro, Elizabeth Savalla, a Nivea [Stelmann], a Pri Fantin, fazer par com o Rodrigo Faro. Não tem uma pessoa que não assista e não goste”, pontuou.

Ao ser relembrada de que possui 26 anos de carreira, a atriz afirmou que foram vitórias e perrengues. “O balanço é de experiência, de estrada percorrida, de tropeços e vitórias. É de muita felicidade, né? Pelas oportunidades de personagens que tive, dos diretores que passei e por tudo que aprendi e que acumulo nessa bagagem. Toco daqui pra frente com muito orgulho, sabe?”, declarou a atriz de Chocolate com Pimenta.

Leia mais