Fora da Globo, Lázaro Ramos vai apresentar programa em TV pública

Lázaro Ramos está de volta à TV Cultura depois de 17 anos de hiato (foto: Divulgação)
Lázaro Ramos está de volta à TV Cultura depois de 17 anos de hiato (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Sem contrato fixo com a Globo, Lázaro Ramos está de volta à TV Cultura depois de 17 anos de hiato. O marido da atriz Taís Araújo apresentará um novo programa na emissora mantida pelo Governo de São Paulo a partir do próximo dia 22, às 22h. De acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o ator será apresentador da série Trip Transformadores, projeto multiplataforma da revista e editora Trip.

Em 2004, Lázaro Ramos participou, como ator, de uma produção da rede pública na faixa “Contos da Meia-Noite. Por tanto, essa será sua estreia como apresentador na TV da Fundação Padre Anchieta. O último trabalho dele como ator na Globo foi na série Amor e Sorte, onde interpretou o personagem Cadú em um dos episódios da produção.

O objetivo do projeto Trip Transformadores é convidar a sociedade a refletir para entender com mais clareza as mudanças do mundo. Não por acaso, desde o seu lançamento, professa uma espécie de mantra segundo o qual trata-se de um movimento sobre e para pessoas que acreditam que “as coisas só estarão boas de verdade quando estiverem boas para todo mundo”.

Anualmente, a premiação homenageia dez brasileiros das mais distintas origens, idades, extratos sociais e campos de atuação que, por seu trabalho, ideias e iniciativas de grande impacto ou originalidade, ajudam a promover o avanço do senso de coletivo e a diminuir o sofrimento do outro. O Trip Transformadores identifica e ilumina a história de vida de pessoas que fizeram e fazem uma grande diferença positiva no mundo, inspirando líderes, gerando reflexões e produzindo mudanças profundas capazes de alcançar muita gente.

Trip Transformadores terá cinco episódios, que serão veiculados semanalmente no horário nobre da TV Cultura. Diferente do que ocorria nas últimas edições, em que os homenageados eram apresentados em um documentário sobre sua vida, neste ano, pensando nas audiências da televisão e dos canais digitais, cada um dos dez escolhidos ficará frente a frente com outro brasileiro notável com quem jamais se encontrou e, em muitos casos, bem conhecido do grande público.

 

Leia mais