Jacaré invade estúdio da Globo durante jornal local no Rio de Janeiro

Alexandre Kapiche apresenta o RJ2 na InterTV, afiliada da Globo no interior do Rio de Janeiro (foto: Reprodução/Globo)
Alexandre Kapiche apresenta o RJ2 na InterTV, afiliada da Globo no interior do Rio de Janeiro (foto: Reprodução/Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Alexandre Kapiche, âncora do RJ2 da InterTV, afiliada da Globo no interior do Rio de Janeiro, foi surpreendido por um jacaré gigante que entrou no estúdio do telejornal local na edição desta quarta-feira (26). Ao falar sobre a vacinação contra Covid-19 na região de cobertura da emissora, o apresentador interagiu com a animação do animal que foi colocada no vídeo pela produção. “Que isso, gente? Tem um jacaré aqui invadindo o estúdio do RJ2. Será que é alguém da redação que tomou vacina contra a Covid?”, brincou o jornalista.

“Sai, vai pro pântano, não atrapalha o nosso jornal, não”, disse Kapiche antes de continuar o jornal. O apresentador usou a brincadeira para conscientizar a população sobre a importância de se vacinar contra a doença respiratória. “Eu quero falar com você em casa. Vou pedir pra você, que tá aí, levantar a manga da sua camisa do braço direito, de preferência. Você, vovô e vovó, até os mais novinhos, vão ter uma marquinha aqui [no braço]. Sabe que marca é essa? É praticamente uma tatuagem da vida, da saúde, da esperança”, iniciou o âncora.

 

Afiliada da Globo brinca com animação de jacaré para explicar a importância das vacinas (foto: Reprodução/InterTV)
Afiliada da Globo brinca com animação de jacaré para explicar a importância das vacinas (foto: Reprodução/InterTV)

Kapiche explicou que essa marca que as pessoas têm no braço significa que elas foram vacinadas quando criança. E que, por isso, essas doses de vacinas preveniram doenças que possibilitaram o telespectador de estar vivo assistindo ao telejornal nos dias de hoje. “E pasmem, é inacreditável, só que ainda existe um movimento asqueroso no meio da pandemia que quer desacreditar a eficácia das vacinas. A gente ouve de tudo, todas as mentiras possíveis, e geralmente, elas chegam no seu celular. Vacina salva vida, sim, e a vacinação contra Covid está salvando vidas. E é a única forma da gente sair desse pesadelo todo”, afirmou o apresentador da afiliada da Globo, antes de exibir uma reportagem sobre o andamento da vacinação na cidade de Petrópolis.

Leia mais