Afiliada da Globo chama Jair Bolsonaro de genocida e negacionista

Versão regional do RJ2, da Globo, chamou Jair Bolsonaro de genocida e negacionista (foto: Reprodução/InterTV)
Versão regional do RJ2, da Globo, chamou Jair Bolsonaro de genocida e negacionista (foto: Reprodução/InterTV)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Na data em que completamos um ano na pandemia do Covid-19, uma das principais afiliadas da Globo destinou boa parte de seu telejornal local para relembrar quais foram as atitudes tomadas pelos governantes do país nos últimos 365 dias para tentar combater o coronavírus. Quem assistia ao RJ2 da InterTV, da Região dos Lagos, se deparou com um forte editorial fazendo uma retrospectiva das falas de Jair Bolsonaro em pronunciamentos em rede nacional e em aparições públicas desde que o Brasil começou a atravessar uma das maiores crises de saúde pública da história.

Enquanto a emissora relembrava as falas do presidente da República, o telejornal estampava “o negacionista” em letras garrafais no espaço destinado para a manchete da reportagem que estava sendo veiculada. “O ato de fingir que a Covid não existe promoveu um genocídio no estado do Rio e no Brasil”, afirmou a parceira da Globo em outra parte de seu gerador de caracteres, utilizada para explicar brevemente o teor do conteúdo do telejornal.

Desde o início da pandemia, o RJ2 regional se tornou uma das vozes mais críticas das decisões tomadas para tentar conter o avanço do coronavírus no país. Não é raro que o noticiário faça uso de manchetes ácidas e em certas vezes bem humoradas para se referir aos governantes e a outras notícias do dia, mas é a primeira vez em que a InterTV aposta em um conteúdo tão contundente assim.

O telejornal, que é apresentado por Alexandre Kapiche, é um dos campeões de repercussão das afiliadas da Globo. Não é raro que trechos engraçados do programa viralizem na internet, como na final do Campeonato Brasileiro, quando o jornalista surgiu no estúdio com uma camisa do Flamengo, ou durante o paredão do BBB21 envolvendo Karol Conká, quando o noticioso ensinou o público a votar para que a cantora fosse eliminada do reality.

Nas rede sociais, a crítica do RJ2 ao governo de Jair Bolsonaro foi recebida com surpresa. Veja alguns dos comentários feitos pelos internautas:

Leia mais