No ar na reprise de Império, Paulo Betti detona Regina Duarte: “Amargurada”

Paulo Betti como o fofoqueiro Téo Pereira na novela Império (foto: Globo/Estevam Avellar)
Paulo Betti como o fofoqueiro Téo Pereira na novela Império (foto: Globo/Estevam Avellar)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Intérprete do impiedoso blogueiro Téo Pereira na novela Império, Paulo Betti detonou a atriz Regina Duarte em entrevista à revista 29 Horas, publicação gratuita disponível em aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro. Ao comentar sobre a atual situação política em Brasília, o ator da Globo disparou contra a ex-colega de trabalho da Globo. “A trajetória da Regina [Duarte] foi uma coisa trágica, sem dúvida”, comentou o ator.

Apesar de ter um carinho imenso pelo personagem da novela de Aguinaldo Silva, Paulo Betti conta que repudia fofocas e, inclusive, pontua que elas são prejudiciais e sem ética, tratando-as como fake news. “Quando fazemos fofoca sobre alguém, colocamos nessa pessoa tudo o que temos de pior dentro da gente. E, ao fazermos isso, nos livramos de qualquer defeito, nos tornamos modelos de perfeição. Consequentemente, além de fazer mal ao outro, frustramos toda e qualquer possibilidade de mudança interna que possa nos ajudar a evoluir, a melhorar, a nos corrigirmos. E é assim mesmo!”, disse o artista.

“O Téo ocupava um espaço que hoje é o das fake news, do jornalismo sem ética. Ele inventava notícias, distorcia fatos, destruía reputações, era maldoso. De certa forma, foi um precursor desse Gabinete do Ódio que funciona em Brasília”, analisa o ex-marido da atriz Maria Ribeiro.

Ele ainda comentou sobre a ex-colega de trabalho, Regina Duarte, apoiadora ferrenha do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). “A trajetória da Regina foi uma coisa trágica, sem dúvida. Ela vem de uma consciência política, lá do tempo do seriado Malu Mulher, mas foi decaindo e se metamorfoseando até se converter nesse ser amargurado que tentou justificar a Ditadura Militar e apoiou o governante que conduz o nosso país de forma desastrosa. É muito triste”, comentou.

Leia mais