Após saída de apresentador, Record demite diretor de afiliada de Fortaleza

Hermann Hesse foi demitido pela afiliada da Record em Fortaleza (foto: Reprodução/TV Cidade)
Hermann Hesse foi demitido pela afiliada da Record em Fortaleza (foto: Reprodução/TV Cidade)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Contratado com estardalhaço no início de 2019, Hermann Hesse não é mais diretor de Jornalismo da TV Cidade. O jornalista, conhecido do público por ter sido apresentador de telejornais locais da Globo, foi dispensado pela afiliada da Record na manhã desta quinta-feira (1). Internamente, comenta-se que o estopim para a demissão do gestor foi a saída de Erlan Bastos, que optou por não renovar seu contrato com a empresa. Oficialmente, a emissora diz que a saída do executivo foi amistosa, e que ele irá cuidar de projetos pessoais nos próximos meses.

Hermann era o principal nome do telejornalismo do Grupo Cidade de Comunicação há dois anos e sete meses. Sob a sua gestão, a afiliada da Record investiu em ampliação de programação local e popularizou o seu conteúdo, abrindo mão de conteúdos de entretenimento pré-gravados e apostando em telejornais regionais e populares. Foi sob o seu comando que a emissora implantou os jornalísticos Balanço Geral Manhã, Ceará no Ar e Balanço Geral.

Apesar de querido pelos colegas de trabalho, o jornalista não contava com o apoio do comando da cabeça de rede da Record, em São Paulo. Os índices de audiência da afiliada ainda deixavam a desejar, e não é raro que a programação local da manhã seja superada até por programas religiosos da TV Jangadeiro, afiliada do SBT na cidade. Os únicos programas realmente competitivos são o Cidade 190 e o Balanço Geral, que cresceu com a chegada de Erlan Bastos, que se beneficiou com a reformulação da programação da rival, que deixou de exibir um tradicional programa policial na hora do almoço. Não é raro que os dois programas superem a Globo e liderem o Ibope.

TV Pop apurou que a demissão de Hermann Hesse foi um pedido da matriz da Record. Para a alta cúpula da rede, o executivo foi responsabilizado pela saída de Erlan. O agora ex-diretor se despediu de seus comandados na manhã desta terça, dizendo ter tido uma “experiência incrível” e que aguarda “novos desafios”.

A seguir, veja a íntegra do e-mail em que Hermann Hesse se despede dos funcionários da TV Cidade:

Caros,

Depois de 2 anos e meio de muito trabalho, dedicação e aprendizado, me despeço do Grupo Cidade de Comunicação.

Foi uma experiência incrível a frente de uma equipe talentosa e que me deu muito orgulho em coberturas jornalísticas que conquistaram espaços importantes na grade nacional da Record, como a do desabamento do Edifício Andrea, dos ataques das facções criminosas a ônibus e órgãos públicos no Ceará, da crise sanitária e tantas outras reportagens positivas, que deram visibilidade ao Ceará e ao Grupo Cidade em todo o Brasil.

Quero agradecer aos colegas que confiaram no meu trabalho, aos acionistas, em especial Miguel Filho e Mayara Silva com quem tratei mais diretamente, e demais gestores do GCC pelos momentos de troca de experiências e aprendizado, que foram enriquecedores para mim.

Saio com o sentimento de que cresci profissionalmente e que fiz o melhor possível pela valorização do GCC.

Desejo que o Grupo Cidade continue forte e prosperando cada vez mais!

Espero que os colegas de redação da TV Cidade, do Portal GCMAIS e das sete emissoras de rádio do Grupo sigam firmes no propósito de entregar, além de entretenimento, informação de qualidade e apuradas com responsabilidade para o público, que é o maior compromisso que nós, enquanto jornalistas e radialistas, devemos ter!

Abraço a todos e que venham novos desafios!

Hermann Hesse

Leia mais