Record planeja retorno do Dancing Brasil sob o comando de Sabrina Sato

Sabrina Sato deverá substituir Xuxa Meneghel no Dancing Brasil (foto: Divulgação/Record)
Sabrina Sato deverá substituir Xuxa Meneghel no Dancing Brasil (foto: Divulgação/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Os executivos da Record já começaram a fazer estudos para a programação da emissora para o próximo ano. Dentre os principais projetos, está a produção de uma nova temporada do Dancing Brasil, reality transmitido originalmente entre 2017 e 2019. Em seus primeiros cinco ciclos, o reality de dança contou com a apresentação de Xuxa Meneghel, que deixou de fazer parte do casting da empresa no início deste ano. Diante disso, a tendência é de que a competição volte sob o comando de Sabrina Sato, que continua sem ter um projeto fixo no canal desde o fim do Domingo Show, que ficou no ar durante quatro semanas e acabou cancelado por baixa audiência.

O Dancing Brasil nunca foi um fenômeno de público, mas sempre representou um faturamento importante para a emissora. Criado para rivalizar com a Dança dos Famosos, da Globo, o programa nunca conseguiu sair da terceira colocação na média de suas temporadas, mas era renovado justamente por atrair marcas que não costumam investir na Record, além de ter um público mais qualificado que a média habitual da emissora, que costuma ter força apenas nas classes C, D e E, avaliadas pelo mercado publicitário como detentoras de pouco poder aquisitivo.

Inicialmente, o planejamento era de que o programa fosse retomado já em 2021. No entanto, o agravamento da crise sanitária e o excesso de outros realities já confirmados e com produções mais avançadas fizeram com que a emissora recuasse e optasse por deixar o formato em hiato até 2022. Até o final deste ano, a linha de shows do horário nobre do canal será ocupada pelo Ilha Record, também comandado por Sabrina Sato, e por A Fazenda, que pela primeira vez contará com a apresentação de Adriane Galisteu.

Nos bastidores, a Record não esconde que esperava poder contar com Xuxa Meneghel para o retorno do Dancing Brasil. Apesar de ter se desligado da emissora, a Rainha dos Baixinhos deixou a empresa de portas abertas e tinha sinalizado de que poderia negociar contratos mais curtos, com remuneração feita por obra. Ela, porém, voltou a se aproximar da Globo e tem priorizado os projetos desenvolvidos com a líder de audiência.

Leia mais