Queridinha do chefe, Claudia Leitte renova seu contrato com Silvio Santos

Depois de treta com Silvio Santos, Claudia Leitte decidiu renovar contrato com a Jequiti (foto: Reprodução/SBT)
Depois de treta com Silvio Santos, Claudia Leitte decidiu renovar contrato com a Jequiti (foto: Reprodução/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nem mesmo a polêmica do Teleton de 2018 foi capaz de afastar Claudia Leitte e Silvio Santos. Considerada uma das queridinhas do dono do Baú pela performance de vendas de seus produtos da Jequiti, a cantora renovou outra vez o seu vínculo com a empresa de cosméticos mantida pelo empresário. Com isso, a parceria entre as duas partes já dura mais de 12 anos — e não deverá acabar tão cedo. Ela foi a primeira mulher a ter uma linha própria na companhia, e irá lançar a sua nona colônia nos próximos meses.

Aposta frequente de Silvio Santos para impulsionar vendas em épocas comemorativas, Claudia Leitte será uma das principais apostas da Jequiti para turbinar suas vendas no final do ano. Em dezembro, a empresa lançará a colônia Claudia Leitte Happy. Os produtos da cantora figuram entre os mais vendidos da companhia desde 2009, e foram os responsáveis para que os executivos da grife decidissem sair em buscas de outras celebridades para parcerias.

Antes dos perfumes das celebridades, a empresa do conglomerado do SBT era praticamente desconhecida. Graças ao lançamento de produtos com os nomes de famosos, como Claudia e Fábio Junior, a marca ganhou espaço e chamou atenção dos consumidores, muito por conta da vitrine concedida em diversos programas da rede de Silvio Santos. E a aposta nos famosos deu certo: a Jequiti ficou conhecida como a marca das estrelas, ao ponto de ter feito um especial apenas com os produtos mais vendidos — que são os de Eliana, Claudia Leitte, Patricia Abravanel e Adriane Galisteu.

Enchendo o saco… de dinheiro

Depois de se encantar por Claudia em uma participação no Teleton 2009, Silvio Santos e a cantora se reencontraram no palco da atração beneficente em 2018. O encontro foi marcado de polêmicas, após o empresário se recusar a dar um abraço na loira sob a justificativa de que ficaria excitado. “Você quis dizer excitado de euforia, de entusiasmo, né?!”, questionou ela, sem graça com o momento. “Não, excitado é de excitado mesmo”, confirmou Silvio.

A cena se espalhou rapidamente nas redes sociais, e provocou a reação de Claudia Leitte, que fez um longo texto sem citar o nome de Silvio Santos, mas deixando claro que não havia gostado da situação. O posicionamento dela fez com que os seus fãs se manifestassem com vários ataques ao dono do SBT, que acabaram irritando — e muito — as filhas do comunicador. Elas saíram em defesa do pai e pediram para que ele não desse mais moral para a cantora, mas as empresas do grupo preferiram fingir que nada havia acontecido.

O motivo? As duas partes, apesar de estarem de saco cheio por conta das brigas, encheram também outro saco: o de dinheiro. O Grupo Silvio Santos seguiu faturando com os perfumes da cantora, e ela, consequentemente, também se beneficiava com as vendas de seu perfume, além de ter aumentado sua visibilidade após a polêmica.

Leia mais