Silvio Santos aposta em novela de 2002 para plataformas digitais do SBT

Suzy Rêgo e Daniel Boaventura interpretaram Regina Villa Real e José Maria Cortês em Amor e Ódio (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Exibida pelo SBT entre 2001 e 2002, a novela Amor e Ódio entrou no catálogo da plataforma SBT Vídeos, streaming gratuito da emissora de Silvio Santos. Até a tarde de terça-feira (27), somente o primeiro capítulo do folhetim estava disponível. Protagonizada por Suzy Rêgo e Daniel Boaventura, a trama nunca foi reprisada pelo canal e conta a história de Regina Villa Real, uma bela mulher que herdou uma grande fortuna dos seus pais, que morreram quando ela era criança.

Após a morte dos pais, Regina passou a viver com a tia, Berenice, que a criou como se fosse sua mãe, e com sua prima, Laura, que é muito dissimulada e tem inveja dela. A única que percebe que Laura odeia Regina é Martinha, que trabalha na casa delas e é carinhosamente chamada de Bá. Ela acompanha as duas meninas desde que elas eram crianças e trata Regina como se fosse sua filha.

Amor e Ódio foi transmitida originalmente de 10 de dezembro de 2001 a 16 de abril de 2002, com 110 capítulos. Foi a segunda produção em parceria com a Televisa, adaptada de La Dueña, de Inés Rodena, produzida em 1995, que por sua vez era remake do original venezuelano de 1972. A Televisa produziu uma nova versão da novela chamada Soy Tu Dueña em 2010, que também já foi exibida pelo SBT em 2015 e 2019.

De acordo com o site especializado Teledramaturgia, a novela teria como título A Dona, depois mudou para La Dueña, o nome em espanhol, e finalmente foi definida com o nome Amor e Ódio. Inicialmente, a protagonista Regina seria interpretada por Patrícia de Sabrit, que havia estrelado o sucesso Pérola Negra (1998), mas a atriz foi considerada jovem demais para o papel. Mesmo já tendo gravado cenas da novela, Patrícia foi substituída por Suzy Rêgo.

Leia mais