Globo tira repórter do SBT para reforçar equipe do Jornal Nacional

Karla Lucena era uma das principais repórteres do SBT em Brasília: trocou Silvio Santos pelo Jornal Nacional (foto: Reprodução/SBT)
Karla Lucena era uma das principais repórteres do SBT em Brasília: trocou Silvio Santos pelo Jornal Nacional (foto: Reprodução/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O departamento de Jornalismo do SBT sofreu mais uma baixa. A jornalista Karla Lucena, que atuava como repórter especializada na cobertura do Judiciário para os telejornais e o portal de notícias da rede, se demitiu da emissora no final da última semana. Ela foi contratada pelo canal em janeiro de 2020 justamente por sua experiência na editoria, adquirida ao decorrer dos oito anos como colaboradora da TV Justiça, mantida pelo Supremo Tribunal Federal. Nos próximos dias, ela estreará na Globo e na GloboNews, produzindo conteúdos principalmente para o Jornal Nacional.

A reportagem do TV Pop apurou que a contratação de Karla Lucena foi determinada por Ali Kamel, diretor-geral da Central Globo de Jornalismo. O executivo tem monitorado seus principais concorrentes para mapear novos talentos, já que há um projeto em andamento com o intuito de rejuvenescer a imagem de todos os telejornais da emissora. Ela foi apenas o primeiro nome a ser confirmado, mas também foram feitas sondagens para outros profissionais.

Nos bastidores da Globo Brasília, a chegada da repórter ao time do Jornal Nacional não chegou a causar espanto. Já é quase que rotineiro que todos os veículos jornalísticos decidam “fazer compras” no SBT quando precisam de novos profissionais. A emissora de Silvio Santos acaba compensando a precariedade de sua estrutura com a qualidade dos seus repórteres, que não raramente se tornam referências na capital. O canal, porém, não tem condições para frear a fuga dos funcionários para as rivais: com telejornalismo sucateado e um portal de notícias subserviente ao governo, a imensa maioria dos jornalistas aceitam qualquer proposta para conseguir se livrar da empresa.

Não são poucos exemplos: Fred Ferreira, âncora do Bom dia DF e plantonista dos telejornais da GloboNews, aceitou ir para a líder de audiência depois de quase três anos no SBT. Geraldo Beckher, um dos principais repórteres da líder de audiência na capital, também trocou o dono do Baú pela Globo. E as propostas nem precisam ser necessariamente feitas pela emissora: Daniel Adjuto, que chegou a ancorar edições do SBT Brasil, migrou para a CNN Brasil, tal qual a repórter Julliana Lopes. Luan Borges, que atuava no portal de notícias do canal, trocou a empresa pelo Poder360.

Fuga de profissionais do SBT a parte, a Globo diagnosticou que precisa rejuvenescer o Jornal Nacional. O telejornal ainda ostenta uma polpuda liderança de audiência em todo o país, com mais audiência que a soma das concorrentes, mas ele não consegue chamar a atenção do público jovem, que tem migrado para a internet e até mesmo para canais de notícias da TV paga. A contratação de jornalistas jovens e a chegada do noticioso a uma popular rede social fazem parte desse processo, que se intensificará nos próximos meses.

Leia mais