Documentário sobre Silvio Santos mantém SBT na vice-liderança

Eliana e Silvio Santos no palco do Troféu Imprensa em 2010 (foto: SBT/Divulgação)
Eliana e Silvio Santos no palco do Troféu Imprensa em 2010 (foto: SBT/Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Na gaveta do SBT há seis anos, o documentário sobre a vida de Silvio Santos finalmente foi exibido na noite deste domingo (8). O material, que foi produzido por Leonor Corrêa e contou com supervisão de Iris Abravanel e apresentação de Marília Gabriela, garantiu a vice-liderança de audiência e anotou média de 8,1 pontos, share de 15% e pico de 9,4 pontos na região metropolitana de São Paulo.

No mesmo horário do especial, das 21h48 à 00h05, a Globo liderou na audiência com 14,7 pontos de média com o Fantástico e o slot de cinema Domingo Maior. A Record ficou em terceiro lugar com os jornalísticos Domingo Espetacular e o Câmera Record. A RedeTV! marcou 3,5 pontos de média e Band, 1,3 ponto. Cada ponto de audiência representa 76.577 domicílios e 205.377 indivíduos.

O começo do filme sobre a história de vida de Silvio Santos começa com sua mulher, Íris Abravanel, e suas filhas Cíntia, Silvia, Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata. Depois, a imagem do empresário é levada ao exterior para se perguntar: os estrangeiros conhecem o Silvio Santos? Suas origens foram relembradas por seus irmãos com relatos inéditos sobre a sua infância e a sua adolescência, fase da vida em que ele começou a sua carreira de camelô.

O especial contou com depoimentos de diversas celebridades do primeiro escalão da TV brasileira, como Faustão, Rodrigo Faro, Xuxa Meneghel e até mesmo Gugu Liberato, morto há quase dois anos. A atração em homenagem ao comunicador foi composta por uma linha do tempo que passa por todas as fases da vida dele, desde criança até o sucesso como empresário.

Leia mais