Thiago Oliveira ganha prestígio na Globo e é cotado para o Fantástico

Thiago Oliveira é cotado para suceder Tadeu Schmidt no comando do Fantástico (foto: Maurício Fidalgo/TV Globo)
Thiago Oliveira é cotado para suceder Tadeu Schmidt no comando do Fantástico (foto: Maurício Fidalgo/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Globo continua estudando uma série de mudanças no seu telejornalismo para os próximos meses. Dentre as várias modificações planejadas, está uma profunda reformulação no Fantástico, que deverá contar com um novo formato e uma nova dupla de apresentadores, pondo fim ao ciclo de Poliana Abritta e Tadeu Schmidt no dominical. Não chega a ser uma novidade que a vaga de Poliana deverá ser ocupada por Maju Coutinho, que já é plantonista da atração há alguns anos. A grande novidade é o seu provável parceiro: não estranhe se o posto cair nas mãos de Thiago Oliveira, que atualmente apresenta blocos regionais do Esporte Espetacular para São Paulo.

A reportagem do TV Pop apurou que Oliveira ganhou prestígio na emissora por conta de seu desempenho durante a cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Mesmo sem fazer parte do primeiro time de apresentadores do evento, ele se destacou durante o evento e foi elogiado por executivos do canal, principalmente pela química com Maju Coutinho — ele ancorou o bloco de notícias olímpicas do Jornal Hoje. Mas não foi só isso: ele ganhou pontos pela desenvoltura com Ana Maria Braga no Mais Você e mostrou ter jogo de cintura fora do telejornalismo.

Mesmo antes das Olimpíadas, Thiago Oliveira já estava em ascensão dentro da Globo. Contratado inicialmente para reforçar o time de apresentadores do SporTV, acabou sendo rapidamente promovido para a Globo e se destacou na equipe do Hora 1, apresentando as notícias esportivas no telejornal matinal. Ele ficou no posto durante três anos, até ser novamente promovido, dessa vez para a edição regional do Esporte Espetacular, feita para frear a fuga de público do tradicional programa dominical.

Na bolsa de apostas para a dança das cadeiras no telejornalismo, Poliana Abritta é vista como provável reforço para a equipe do Globo Repórter — ainda não há uma definição se ao lado de Glória Maria ou como repórter especial. Tadeu Schmidt, por sua vez, tem futuro incerto. Nos bastidores da rede, comenta-se que a probabilidade dele ser deslocado para outra atração do Jornalismo é pequena, já que sua figura ficou marcada por conta da interação com os caricatos cavalinhos do Fantástico, que também devem ser extintos na próxima reformulação do programa (a emissora nega).

Leia mais