Escanteado na televisão, Boris Casoy decide virar médico veterinário

Aos 80 anos, Boris Casoy decidiu voltar para a faculdade (foto: Reprodução)
Aos 80 anos, Boris Casoy decidiu voltar para a faculdade (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Boris Casoy tem 80 anos e decidiu que depois de 65 anos no jornalismo, irá estudar medicina veterinária. O apresentador revelou que sempre teve vontade de estudar veterinária por gostar de animais. Apesar de ter começado um novo curso, o jornalista não pretende abandonar sua extensa carreira. “A curiosidade sobre este tema nunca me abandonou, e agora achei tempo para mergulhar no mistério da vida animal. Talvez assim também fique mais fácil compreender a humanidade”, afirmou.

Recentemente, em entrevista ao repórter Thiago Forato, ele falou sobre as dificuldades em se aventurar na internet. Há quase um ano apresentando um telejornal independente, o âncora ultrapassou a barreira dos 100 mil inscritos, mas descobriu que a vida online não é tão fácil quanto parece. “A presença do ódio e da mentira nas redes sociais me surpreendeu”, confessou Boris Casoy, em bate-papo com o site NaTelinha.

“Além do que pode ser esperado de um ser humano, esse tipo de ódio é organizado pelos extremos, tanto pela direita como pela esquerda. Particularmente, as redes são palco de mentiras de todos os calibres e racismo. Precisamos combater com o maior vigor possível essas barbáries. Para mim, o caminho é liberdade com responsabilidade. Nada de censura, mas sim, penas duras e julgamentos rápidos para essas ações criminosas. Infelizmente, o Brasil tem cultivado a impunidade. Pedir prisão de alguém pega mal no país”, lamentou.

O jornalista revelou que teve uma adaptação difícil, mas que tem evoluído. “Nesse aspecto [de entender como funciona a internet] ainda me devo muito. Minha atenção foi centrada mais no conteúdo que na forma e na parte técnica. Mas sou curioso e procuro aprender. Tenho ao menos uma surpresa por dia. O Jornal do Boris já está se pagando, mas com um produto mais vigoroso terei coragem de mergulhar no mercado publicitário”, revelou.

Leia mais