Batoré de A Praça é Nossa pede fechamento do Congresso Nacional

Batoré quer fechar o STF e o Congresso Nacional (foto: SBT/Reprodução)
Batoré quer fechar o STF e o Congresso Nacional (foto: SBT/Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Intérprete do personagem Batoré em A Praça é Nossa, o ator Ivanildo Gomes Nogueira apoiou o desejo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de fechar o STF (Supremo Tribunal Federal), a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. Em vídeo que circula nas redes sociais, Batoré destacou que esse é o “desejo de todos os brasileiros”. “Vocês deveriam ter consciência de que esse país não é de vocês”, protestou o artista.

“Se nós mudamos a presidência, é porque a gente viu que tinham muitos bandidos e que precisava de um militar. Mas, depois de tudo isso, nós temos a consciência de que militar não faltava só na cadeira do presidente, falta no STF, na Câmara dos Deputados e no Senado. O desejo de todos os brasileiros é que o presidente feche as portas dessas três casas, porque não tem trazido benefício nenhum para o nosso país”, disse Ivanildo.

O ator disse ainda que o Supremo Tribunal Federal apenas “solta bandido”. “Parece ‘lacto purga’, toda a m… que está presa, solta. Vocês deveriam ter vergonha na cara, deveriam pensar como pais de família, como avós”, reclamou. Na semana passada, o cantor Sérgio Reis foi um dos alvos de uma operação da Polícia Federal depois de convocar caminhoneiros para protestar contra os ministros do STF no dia 7 de setembro. O artista de 81 anos, no entanto, lamentou as próprias declarações em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, do Domingo Espetacular.

“Eu errei, cara, quem não erra, quem não faz uma bobagem um dia? Não me arrependo de nada, só essa frase infeliz que brinquei com um amigo e vazou, mas não é a realidade. Quero me redimir com esse povo”, disse Sérgio Reis. “Até o Supremo [Tribunal Federal], se tiver algum pedido para me prender, aceito com respeito. Não saí daqui, não me escondi. Se 6h da manhã vier a Polícia Federal aqui em casa, eu me entrego. Sou democrático, sou do bem, sou do amor”, garantiu o intérprete de Panela Velha.

Leia mais