Nego do Borel recorre a coach para ser descancelado em A Fazenda 13

Nego do Borel estudou até sobre homofobia e transfobia para entrar em A Fazenda 13 (foto: Reprodução/Instagram)
Nego do Borel estudou até sobre homofobia e transfobia para entrar em A Fazenda 13 (foto: Reprodução/Instagram)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Participante da décima terceira temporada de A Fazenda, Nego do Borel recorreu a um coach para tentar limpar sua imagem durante participação no reality rural da Record. De acordo com informações do site Notícias da TV, do UOL, o cantor tentará reverter uma sequência de cancelamentos após escândalos de transfobia com a youtuber Luisa Marilac e a separação da ex-noiva, Duda Reis, que o acusa de estupro, agressão e envolvimento com o crime.

Há algum tempo que o funkeiro sempre apareceu como um dos nomes na lista de desejos da emissora de Edir Macedo. Neste ano, o canal precisou abrir o bolso e aumentar os cachês para os famosos que sempre recusaram convite para o programa. Segundo a publicação, nos corredores da Record se comenta que alguns competidores receberão até duas vezes mais que outros peões. Nego do Borel é um dos artistas que vão receber quantias generosas para se expor na televisão.

Um dos motivos que fizeram o cantor aceitar o convite para A Fazenda 13 foi o valor que será pago a ele. Sem perspectiva de ganhos expressivos a curto prazo e endividado, Nego do Borel ganhará uma porcentagem pelas ações de merchandising durante o período em que estiver confinado nas instalações de Itapecerica da Serra. Além disso, a possibilidade de mudar sua imagem junto ao público também pesou na hora de assinar contrato com o programa.

Nas últimas semanas, antes de entrar no pré-confinamento, Nego do Borel recorreu à ajuda de um coach para evitar se queimar ainda mais durante a participação no reality. Ele aprendeu sobre comportamentos e discursos machistas e se aprofundou em temas sobre transfobia e homofobia. O funkeiro também está tentando melhorar a forma de se expressar, sem fazer uso de palavrões. Ele entrará no confinamento batizado e convertido a uma igreja evangélica.

Leia mais