RedeTV! muda programação para cobrir protestos no dia 7 de setembro

Marcelo de Carvalho é um dos donos da RedeTV!; emissora mudará programação no 7 de setembro (foto: Divulgação/RedeTV!)
Marcelo de Carvalho é um dos donos da RedeTV!; emissora mudará programação no 7 de setembro (foto: Divulgação/RedeTV!)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Apoiadora de primeira linha de Jair Bolsonaro, a RedeTV! acenará mais uma vez para o Presidente da República. Ela será a única das grandes emissoras de TV aberta que modificará parte de sua programação para fazer a cobertura dos protestos de apoiadores do Governo Federal no dia 7 de setembro. Durante todo o dia, o canal mobilizará repórteres em todo o país para entradas ao vivo durante os programas habituais, além de destinar boa parte do espaço de seus jornalísticos (como o Opinião no Ar e o Alerta Nacional) para falar sobre o assunto. Pouco antes da meia-noite, será exibida uma síntese dos acontecimentos do dia, com a análise de apresentadores e comentaristas da rede.

Para liberar espaço para o resumo dos protestos, a emissora abrirá mão da exibição do Festival RedeTV! Plus, que é a vitrine do maior faturamento da empresa na atualidade. A atração, por sinal, perderá sua edição de terça em caráter definitivo. Na próxima semana, quando a programação normal for retomada, a emissora passará a ter um compacto dos melhores momentos do João Kleber Show em horário nobre, antes da exibição do Leitura Dinâmica.

Mauro Tagliaferri, escanteado desde que perdeu a bancada do RedeTV! News para Augusto Xavier, foi escalado para apresentar a síntese do 7 de setembro. Ele terá a função de comandar o noticiário do dia e de introduzir as falas feitas pelos analistas Rodrigo Constantino, Amanda Klein e Silvio Navarro — mesmo trio responsável pelos comentários do Opinião no Ar, programa apresentado por Luís Ernesto Lacombe nas tardes da emissora e que recentemente marcou 0,0 ponto de média na Grande São Paulo, tendo menos público até mesmo que infomerciais e atrações religiosas.

Além da cobertura intensificada na televisão, o canal também promete uma grande cobertura dos atos a favor de Jair Bolsonaro em suas redes sociais durante todo o dia. O balanço dos protestos irá ao ar a partir das 23h30, logo depois do programa Hervolution.

Leia mais