NOVA CASA

Camila Pitanga é demitida da Globo após 25 anos e assina com HBO Max

Imagem com foto da atriz Camila Pitanga
Camila Pitanga perdeu contrato fixo com a Globo e assinou com HBO Max (foto: Divulgação)Camila Pitanga
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Sem contrato fixo com a Globo após 25 anos, Camila Pitanga foi contratada pela HBO Max e assinou acordo de três anos. Em publicação nas redes sociais nesta terça-feira (16), a atriz falou sobre sua saída da líder de audiência. “Tomar a decisão não foi fácil, aliás, foi bem difícil e ela demorou muito. E hoje sei que não fazer mais parte do formato de contrato fixo não quer dizer que não farei mais parte da Globo pois o que construímos é eterno e minha relação com essa casa que me acolheu é pra sempre”, declarou a artista.

Na Globo, Camila trabalhou em produções como Sex Appeal (1993), A Próxima Vítima (1995), Porto dos Milagres (2001), Mulheres Apaixonadas (2003), Belíssima (2005), Cama de Gato (2009), Lado a Lado (2012), Babilônia (2015), Velho Chico (2016) e Aruanas (2019-2021), que terá segunda temporada lançada pelo Globoplay no dia 25 de novembro.

Além de atuar nas produções originais da HBO Max, Camila Pitanga também abraçará projetos como produtora executiva. “Chego a HBO Max para desbravar novos caminhos e animada em assumir um novo papel: além de atriz, serei criadora de conteúdo. Agora, a intérprete e a produtora executiva caminharão juntas – ávidas por realizar conteúdos que tenham relevância e alcance que extrapolem nossas fronteiras. Eu acredito no streaming como um novo veículo para cultivar o carinho que sempre recebi do público brasileiro”, explica a Embaixadora Nacional da ONU Mulheres.

“Camila Pitanga tem um papel importantíssimo no mercado audiovisual brasileiro e chega à HBO Max para contribuir ainda mais para o desenvolvimento da indústria. Nós apostamos no entretenimento e na cultura como transformação e queremos, ao lado de nossos talentos, produzir cada vez mais conteúdo de qualidade”, disse Tomás Yankelevich, Chief Content Officer de General Entertainment da WarnerMedia Latin America em comunicado divulgado pela HBO Max.

Confira na íntegra o texto de despedida da Globo publicado por Camila Pitanga nas redes sociais:

“Não, isso não é um adeus – até porque após 25 anos eu posso dizer que a TV Globo é parte de mim assim como acredito que deixo nesta casa não somente papeis que marcaram minha história, mas deixo amor. Então, como eu poderia dizer adeus se essa história não me parece finita? Porque essa é a mágica do meu ofício: a arte é eterna. E grande parte da eternidade que produzi na minha carreira.

Sim, quando decidimos não renovar no formato tradicional eu via o modelo como uma separação. E isso rasgava meu coração até que eu ouvi uma coisa que gostei muito: “não é uma separação, é uma filha saindo de casa pra ir pro mundo”. É isso! Eu quero o mundo!

Tomar a decisão não foi fácil, aliás, foi bem difícil e ela demorou muito. E hoje sei que não fazer mais parte do formato de contrato fixo não quer dizer que não farei mais parte da Globo pois o que construímos é eterno e minha relação com essa casa que me acolheu é pra sempre.

E sei que a Globo está comigo, que posso contar com ela e que, já neste dia 25, tem nova temporada de Aruanas. E cá estou ansiosa pra saber o que vocês vão achar desta nova fase da Olga no Globoplay, assim como estive, durante todos estes anos, ansiosa a cada estreia, a cada trabalho lançado, a cada trabalho feito com dedicação e muito, muito afeto.

Foi assim que construímos nossa história, que me construí como artista, como mulher, como mãe… Eu cresci na Globo. Não só como artista. Lembro-me de ainda criança estar por ali, em frente às câmeras, nos bastidores, aprendendo sobre o ofício de atriz e também sobre a vida. Vi meu pai, meu irmão, meus amigos, pessoas que se tornaram minha família, criando e produzindo naquele ambiente.

Fico muito feliz de como tudo foi feito, das conversas que tive com pessoas lá dentro que me acolheram nesse novo passo que estou dando. Tenho MUITA gratidão a tudo que fiz e com certeza ainda farei no grupo Globo. Seja em um produto inédito como Aruanas, seja em reprises cheias de afeto e confusão como a Bebel em Paraíso Tropical, que voltou no canal Viva.

Saio grata, feliz e convicta de saber como me mantive em evolução e inquieta em 25 anos de casa. Um casamento dos mais longos e profundos que pude viver! Até já!”

 

Leia mais