CNN Brasil “ganha” afiliada em pequena cidade do interior

Valmir de Freitas posa no cenário do Colinas em Foco, que foi reforçado com a logo da CNN Brasil (foto: Reprodução/TV Colinas)
Valmir de Freitas posa no cenário do Colinas em Foco, que foi reforçado com a logo da CNN Brasil (foto: Reprodução/TV Colinas)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Os moradores da pacata cidade de Colinas do Tocantins, que tem menos de 35 mil habitantes, se depararam com uma novidade um tanto quanto inesperada entre os canais de televisão aberta. Nos últimos dias, a TV Colinas deixou de retransmitir a programação da Record e passou a veicular o conteúdo transmitido pela CNN Brasil, que é exclusiva para as operadoras de TV por assinatura. Até mesmo um programa local, o Colinas em Foco, passou a ser produzido e ganhou um cenário repleto de logos do canal de notícias, e os repórteres da emissora passaram a utilizar uma canopla com a logo do canal — ao contrário do que realmente acontece com colaboradores da empresa, que tem microfones com uma espuma vermelha personalizada.

Valmir de Freitas, apresentador do noticiário regional e sócio da emissora, fez questão de dizer aos telespectadores que a parceria não tinha ilegalidade alguma. “Vocês estão se importando muito com uma coisa que não lhes dizem respeito. Aqui é tudo legalizado, tem tudo, tem papel, tem documento, tá tudo bacana. Tem nada de pirataria aqui não”, afirmou o comunicador, em resposta a incontáveis comentários feitos por internautas na página oficial da TV Colinas no Facebook. Ele, porém, mentiu para o público. A CNN Brasil não fazia a mínima ideia de que ganhou uma afiliada e tampouco sabia da existência do canal tocantinense.

A reportagem do TV Pop sabe que a rede não pode fazer parte da TV aberta, já que o seu vínculo atual com as operadoras de televisão por assinatura prevê uma remuneração para a empresa por conta dele ofertar conteúdo exclusivo para elas. Nenhum executivo da emissora conhecia a TV Colinas, que sequer procurou a rede para propor algum modelo de parceria e preferiu retransmitir a programação da “maior do mundo” sem ter autorização alguma para isso, provavelmente usando justamente o sinal enviado para alguma operadora de TV paga.

Nos próximos dias, segundo apurou o TV Pop, a TV Colinas deverá ser acionada judicialmente pelos representantes da CNN Brasil. Procurado, o canal de notícias confirmou que desconhece a emissora tocantinense e informou estar buscando mais informações para emitir uma nota oficial esclarecendo o assunto — tão logo o posicionamento seja enviado, este texto será atualizado. Atualizado às 20h02: por meio de sua assessoria, a CNN Brasil informou que a “denúncia foi encaminhada para a área de distribuição de sinal e, constatada a irregularidade, serão tomadas as medidas legais cabíveis”.

A seguir, assista a um trecho do programa local transmitido pela afiliada pirata do canal comandado por Douglas Tavolaro:

Leia mais