Sérgio Maurício deixa a Globo e assina contrato com a Band

Sérgio Maurício é o nome mais cotado para narrar a Fórmula 1 na Band (foto: Reprodução/SporTV)
Sérgio Maurício será o narrador da Fórmula 1 na Band (foto: Reprodução/SporTV)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Band fechou na tarde desta sexta-feira (19) a contratação do narrador Sérgio Maurício para ser a voz das transmissões da Fórmula 1 na emissora. Ele, que era conhecido por seu trabalho com a modalidade na Globo e no SporTV, sempre foi o nome dos sonhos da rede para os eventos de automobilismo, já que é extremamente bem visto pelos fãs de automobilismo nas redes sociais, e suas narrações costumam ser elogiadas pelos telespectadores. Com a contratação, ele se unirá ao comentarista Reginaldo Leme e a repórter Mariana Becker no time já formado pela família Saad.

A informação da contratação de Sérgio Maurício foi divulgada em primeira mão pelo portal Motorsport, afiliado ao UOL, e confirmada pela reportagem do TV Pop com fontes do alto escalão da Band. A assinatura do contrato do narrador dá fim ao longo namoro entre as partes, que se já arrastava há alguns anos. A emissora já tinha interesse em seu passe há algum tempo, mas nunca havia chegado em um denominador comum para que ele aceitasse deixar o quadro de funcionários da Globo.

Nos últimos dias, o locutor chegou a fazer suspense nas redes sociais com a sua mudança de canal. “A vida é feita de ciclos. Árvores floridas tem seu tempo para secarem. Árvores secas tem o seu tempo pra florirem. Mudanças são necessárias e o tempo é sábio na contagem dos minutos. Nem muito rápido nem tão devagar. É só ter paciência e saber que o tempo não se controla, se ajusta”, afirmou ele, que pouco depois tentou justificar afirmando que estava falando de sua nova tatuagem.

A explicação, porém, não havia convencido os fãs do narrador, que ficaram ainda mais atiçados depois da mensagem misteriosa. “Se a tatuagem cortar ou infeccionar, lembre-se de usar Band-Aid”, disparou Frederico Wolff, brincando com a semelhança entre os nomes da nova casa da Fórmula 1 e da marca de curativos mais conhecida do mundo.

Leia mais